Adolescente enfurecido ateia fogo em vários locais porque restaurante de carê estava fechado

Os casos de incêndios ocorreram em janeiro e o adolescente foi detido. Veja mais.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Adolescente se enfureceu porque restaurante de carê estava fechado (imagem ilustrativa)

Nas primeiras horas da manhã do dia 2 de janeiro, 4 incêndios suspeitos foram relatados de forma consecutiva em uma vizinhança na cidade de Higashi Osaka (Osaka). Investigadores anunciaram na terça-feira passada (7) que um suspeito em relação com ao menos dois dos incêndios foi detido – um adolescente de 16 anos que faz arubaito na província.

Publicidade

“Eu fui para comer um carê, mas o restaurante estava fechado. Fiquei furioso e usei meu isqueiro para atear fogo”, disse o adolescente em relação a um dos incêndios.

Um dos incêndios teve início em uma concessionária de veículos, onde um cartaz no lado da rua ficou em chamas. Cerca de 10 minutos depois, o suspeito ateou fogo no armazém de um restaurante localizado a uma distância de 200 metros ao sul da concessionária, danificando parte da instalação e quase afetando residências próximas. Felizmente ninguém ficou ferido.

Dois outros incêndios foram relatados em complexos de apartamentos nas redondezas, onde uma bicicleta e montantes de lixo foram incendiados. Várias câmeras de segurança mostram uma pessoa semelhante ao adolescente.

Reações em relação à notícia foram variadas:

“Mas você não podia ter ido comer carê em outro lugar?”
“Algo deve estar errado com ele.”
“Ficar nervosinho por causa de um carê?

Fonte: Rocket News
Imagem: Bank Image

 

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

Governo discute limite de 100 horas de Zangyo por mês

Publicado em 13 de março de 2017, em Sociedade

Governo está discutindo limitar Zangyo para 100 horas mensais em épocas movimentadas. Veja mais.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Em discussões de gestão de trabalho sobre a limitação dos trabalhos suplementares e zangyo (hora extra) com penalidades que o governo planeja introduzir, a Confederação Japonesa dos Sindicatos (JTUC – Rengo) pede que o limite de zangyo seja de “menos de 100 horas por mês” em épocas movimentadas, enquanto a Federação Japonesa de Organizações Econômicas (Keidanren) se opôs ao pedido da Rengo, alegando que esse limite atrapalharia a gestão das empresas. Espera-se que a discussão continue até semana que vem.

Publicidade

A Keidanren e a Rengo estabeleceram a premissa de “720 horas anuais” em épocas movimentadas e outros, e concordaram no ajuste da “média de 80 horas por 2 a 6 meses” mais “100 horas por mês” em relação às normas que permitem que o limite de 45 horas de zangyo seja excedido durante até 6 meses.

Entretanto, em relação ao limite de zangyo nas épocas movimentadas, que é o principal foco das discussões, a Rengo reivindica a mudança de “menos de 100 horas por mês”, pois é inferior à “linha de morte por trabalho excessivo”. Por outro lado, a Keidanren criticou essa mudança pois, levando em consideração a gestão das empresas, o limite de “100 horas” seria bom para ambos os lados.

Devido a isso, o acordo entre ambas as partes dificilmente se resolveria até a meta inicial estipulada para sexta-feira (10), espera-se que as duas organizações resolvam esse assunto na “Conferência de Implementação das Reformas Trabalhistas”, na próxima sexta-feira (17).

Fonte: NHK News

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
UniFCV Japão - Educação a distância
Uninter - JAPÃO - Educação a distância