Javali foi capturado após ter atacado um homem

(Nagano) Um javali foi capturado pelas autoridades após ter atacado um homem. Confira os detalhes.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Javali capturado pelos policiais e com os pés amarrados

Por volta das 5h20 desta sexta-feira (26), em uma rua da cidade de Nagano, um homem de 60 anos estava caminhando quando foi atacado por um javali.

Publicidade

Segundo a polícia, o javali investiu contra o homem e perfurou as coxas do mesmo com suas presas. Ele sofreu apenas ferimentos leves.

Após isso, o javali fugiu do local e perambulou pela cidade. Houve relatos de testemunhas que viram o javali andando na cidade, passando perto de escolas de ensino fundamental e bancos. Em uma rua afastada a aproximadamente 1.5km do local onde o homem foi atacado, policiais avistaram o animal e tentaram capturá-lo. Contudo, o animal conseguiu escapar.

Depois disso, o javali correu até um complexo habitacional, onde ficou preso entre uma cerca e o prédio do complexo. Após quase quatro horas, o animal foi anestesiado e capturado por volta das 10h00.

O javali era uma fêmea de aproximadamente 1.2m de comprimento. A cidade está estudando se irá soltá-lo na floresta ou realizar outras medidas.

Segundo a província, o javali vivia em uma montanha a oeste da cidade e estava andando ao longo de um rio, onde poderia encontrar alimento, e acabou se perdendo no caminho, entrando na área urbana da cidade.

Como o caso aconteceu no horário em que as pessoas estavam se deslocando para o trabalho e outros, a cidade ficou tumultuada.

Fonte: NHK News
Imagem: Asahi News

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

Terminou a greve de fome dos estrangeiros detidos na imigração

Publicado em 26 de maio de 2017, em Sociedade

Estrangeiros detidos na imigração encerraram a greve de fome. Saiba mais.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Imagem ilustrativa

Os estrangeiros que estavam em greve de fome há duas semanas, reivindicando melhoria das condições nos centros de detenção de imigrantes no Japão, terminaram o protesto com a esperança de que traria um tratamento melhor, mas um funcionário disse na quinta-feira que não haveria mudança nas medidas políticas.

Publicidade

Ativistas e detentos dizem que as condições precárias nos centros de detenção de imigração do Japão levaram a sérios problemas de saúde mental e até a morte de detentos. Desde 2006, 13 pessoas morreram, a mais recente em março.

Cerca de 20 detentos do Escritório Regional de Imigração de Tóquio fizeram greve de fome no dia 9 de maio em protesto a suas repetidas detenções, as quais abordaram como tratamento desumano.

No auge da greve, cerca de 100 detidos, incluindo requerentes de asilo e alguns presos em uma instalação de imigração em Nagoya, estavam em greve de fome. Contudo, o último dos grevistas começou a comer esta semana porque eles tinham atingido seus limites físicos e queriam ver se as autoridades iriam responder positivamente após seu protesto, que ganhou cobertura da mídia.

Os detidos do centro de imigração de Tóquio encerraram sua greve de fome à medida que suas condições mentais, físicas e de saúde se agravaram“, disse Mitsuru Miyasako, chefe do grupo de ativistas da Associação de Liberação Provisória, em entrevista coletiva.

Shigeki Otsuki, funcionário do Ministério da Justiça que supervisiona a detenção de imigrantes, confirmou que a greve de fome havia terminado e disse que as autoridades já estavam fazendo o possível para melhorar as condições.

Vamos continuar a responder adequadamente como fizemos no passado, não mudaremos nada em particular“, disse Otsuki à Reuters.

Quatro grevistas de fome foram hospitalizados durante o protesto, um dos quais engoliu uma lâmina de barbear, mas recebeu tratamento, disse um legislador informado por autoridades de imigração. Os quatro estão de volta à prisão.

Um preso, durante uma entrevista cedida a Reuters em uma divisão de segurança do centro de Tóquio, disse que pode haver mais protestos.

“Se não houver mudanças, poderemos fazê-lo novamente”, disse o detido, que se recusou a ser identificado.

Fonte: Japan Today

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
UniFCV Japão - Educação a distância
Uninter - JAPÃO - Educação a distância