Novo teste da Coreia do Norte poderia causar vazamento de radiação

Segundo um meteorologista chefe sul-coreano, se o Norte realizar outro teste nuclear isso poderia causar o colapso de Punggye-ri e o vazamento de material radioativo.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

“Se outro teste nuclear ocorrer, há a possibilidade de um colapso”, alertou o meteorologista chefe da coreia do Sul (NHK/reprodução)

Um novo ensaio nuclear na zona de testes montanhosa da Coreia do Norte, de Punggye-ri, poderia causar o vazamento de material radioativo, alertou um meteorologista chefe sul-coreano.

Publicidade

Um espaço vazio de até 100m em comprimento no fundo do Monte Mantap poderia implodir, disse Nam Jae-cheol, chefe da Administração Meterorológica Coreana.

“Há um espaço vazio que mede de 60 a 100 metros de comprimento, no fundo do Monte Mantap em Punggyer-ri”, disse Nam, citado pela agência de notícias sul-coreana Yonhap.

“Se outro teste nuclear ocorrer, há a possibilidade de um colapso”, alertou.

Nam sugeriu que material nuclear poderia ser liberado se o solo perto das cavernas de testes afundar e que esses resíduos poderiam ser carregados pelo vento até a Coreia do Sul.

Área do local de testes nucleares de Punggye-ri (NHK/reprodução)

O teste nuclear anterior da Coreia do Norte, realizado no início de setembro, aparentemente, desencadeou vários deslizamentos de terra.

A Coreia do Norte conduziu seis testes nucleares desde 2006, usando o mesmo local a cada vez.

Acredita-se que o local de teste de Punggye-ri, situado em terreno montanhoso na área norte-leste do país, seja a principal instalação nuclear de Pyongyang e o único local de teste nuclear ativo no mundo.

O jornal South China Morning Post de Hong Kong divulgou na sexta-feira (27) que geólogos chineses alertaram oficiais da Coreia do Norte após o teste de setembro, que outros ensaios adicionais no local poderiam levar a um colapso massivo e vazamento de resíduos radioativos.

Separadamente, o jornal oficial da Coreia do Norte, Rodong Sinmun, disse que o país tem um direito soberano de lançar satélites.

A declaração ocorre em meio a especulações de que Pyongyang pode brevemente lançar um satélite, amplamente visto como um teste de tecnologia de míssil balístico do país.

Fonte: BBC, NHK
Imagem: NHK

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

O maior banco do Japão reduzirá número de filiais em 20%

Publicado em 31 de outubro de 2017, em Sociedade

O banco está considerando reduzir o número de suas filiais nacionais em até 20% para aumentar a rentabilidade.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

A redução de filiais ocorre em uma época quando o serviço bancário online está aumentando e menos clientes visitam os balcões de atendimento nos bancos (imagem ilustrativa – YouTube/arrghgarry)

O Bank of Tokyo-Mitsubishi UFJ, o maior banco do Japão, está considerando reduzir o número de suas filiais nacionais em até 20% para aumentar a rentabilidade, disse uma fonte familiar com o assunto no domingo (29).

Publicidade

Enquanto mais organizações financeiras enfrentam dificuldades devido às taxas de juros extremamente baixas, o banco, um núcleo do Mitsubishi UFJ Financial Group Inc. (MUFG), visa reduzir sua atual rede de 480 filiais e aperfeiçoar suas operações.

A ideia é reduzir o trabalho humano e usar mais lojas automatizadas que empregam tecnologia digital, disse a fonte.

O Bank of Tokyo-Mitsubishi UFJ planeja automatizar tarefas atualmente realizadas por cerca de 9.500 funcionários como parte de suas medidas de redução de custos. Outro megabanco japonês, o Mizuho Financial Group Inc., também planeja realizar uma medida similar.

O MUFG, o Mizuho e o Sumitomo Mitsui Financial Group Inc., provavelmente terão tarefas assumidas por um total de 32.500 funcionários nos três maiores grupos bancários no Japão reduzidas, parcialmente através de automação.

Uma outra fonte familiar com o assunto disse que o Mizuho está considerando o corte de 19 mil funcionários no Japão e no exterior ao longo de dez anos, contando por um terço de sua força de trabalho total.

A redução de filiais e redistribuição de pessoal ocorre em uma época quando o serviço bancário online (internet banking) através de smartphones e outros dispositivos digitais está aumentando e menos clientes visitam os balcões de atendimento nos bancos.

Fonte: Mainichi
Imagem: YouTube 

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
UniFCV Japão - Educação a distância
Uninter - JAPÃO - Educação a distância