Zoológico de Ueno abre portas para Xiang Xiang

O zoológico de Ueno, em Tóquio, decidiu mostrar a pandinha Xiang Xiang, que tem pouco mais de 6 meses, para os visitantes. Confira como ela está no vídeo.

Xiang Xiang, a pandinha mais famosa do Japão, poderá ser vista ao vivo no zoo ou pela internet (Sankei News)

Filha da panda Xing Xing, a pequena Xiang Xiang, com pouco mais de 6 meses de vida, será mostrada para o público visitante do Zoológico de Ueno, na capital japonesa.

Publicidade

A pandinha nasceu em 12 de junho deste ano e seu nome foi escolhido por uma comissão, dentre as mais de 320 mil sugestões enviadas.

O zoo de Ueno decidiu exibi-la para o público a partir de terça-feira (19). Ela gosta de comer bambu, brincar com a mãe e subir em árvore.

A administração do zoológico decidiu permitir a entrada para ver Xiang Xiang de perto para apenas 400 grupos sorteados, por dia. Foram tantas inscrições que as vagas são mais concorridas que o vestibular – 144 por 1.

Para não desanimar as pessoas que amam os pandas, o zoológico instalou 8 câmeras no local onde Xiang Xiang vive. Assim, será realizada transmissão ao vivo da pandinha mais famosa do Japão. As transmissões serão efetuadas diariamente das 9h30 às 17h pelo site http://www.ueno-panda-live.jp/.

Confira como a pandinha vive com sua mãe no vídeo da Sankei.

https://youtu.be/YO5vpu2IR30

Fontes: Mainichi e Asahi
Foto: Sankei News 

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

Idosa cai nos trilhos e é atropelada pelo trem

Publicado em 18 de dezembro de 2017, em Acidentes

O acidente com a idosa e deficiente visual ocorreu na cidade de Osaka, na linha Hankyu, na manhã desta segunda-feira. Ela morreu no hospital.

Estação de trem da Hankyu onde ocorreu o acidente com a idosa e deficiente visual (Asahi)

Por volta das 9h20 desta segunda-feira (18), uma mulher caiu nos trilhos do trem da estação Kami Shinjo, da linha Hankyu, na cidade de Osaka (província homônima).

Publicidade

Segundo a polícia, a mulher foi socorrida imediatamente, mas morreu cerca de 1h20 depois do acidente, no hospital.

A estação Kami Shinjo fica no bairro Higashi Yodogawa e o trem operava com 8 vagões. A mulher caiu nos trilhos e procurou se abrigar entre eles. O trem não conseguiu frear a tempo. No hospital foi diagnosticada com forte lesão na região craniana, causa da morte.  

No local onde foi encontrada estava sua bengala. Também havia uma carteirinha indicando que é deficiente visual e tem 89 anos. A polícia acredita que ela tenha caído nos trilhos por acidente, pois estava andando normalmente na plataforma, segundo testemunhas.

De acordo com o Ministério da Terra, Infraestrutura e Transportes, há cerca de 9,5 mil estações de trem no país. Até março deste ano 686 delas têm instalação da cerca de proteção nas plataformas.

Fontes: Asahi e Sankei
Foto: Asahi 

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
Uninter - JAPÃO - Educação a distância
Life Card - cartão exclusivo para brasileiros