Os passaportes mais poderosos do mundo 2018

O Henley and Partners lista os passaportes do mundo de acordo com o número de países que seus portadores podem viajar sem a necessidade de visto.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Portadores de passaporte alemão têm acesso a 177 países sem a necessidade de visto

A Alemanha continua tendo o passaporte mais poderoso do mundo, de acordo com o Henley Passport Index 2018, divulgado no início de janeiro.

Publicidade

Este é o quinto ano consecutivo em que o país europeu ficou no topo da lista da Henley, que leva em consideração o número de países que um portador de passaporte pode visitar sem ter um visto.

O ranking tem base em dados da Associação Internacional de Transporte Aéreo, que mantém o maior e mais compreensivo banco de dados de informações de viagens do mundo.

Cidadãos da Alemanha podem agora visitar 177 países, alta de um em comparação a 2017, de acordo com o relatório.

Em outubro, uma lista separada, o Global Passport Power Rank, produzido pela empresa de assessoria Arton Capital, nomeou Singapura como a que tem o passaporte mais poderoso no mundo. Contudo, desde então, a Alemanha recuperou sua posição de topo naquele ranking também, solidificando sua posição.

O Brasil ficou em 18º lugar no ranking dos passaportes mais poderosos do mundo juntamente com a Argentina, tendo acesso sem visto a 158 países.

Abaixo os 15 níveis de passaportes mais poderosos (a lista completa você pode ver aqui), com base no número de países que seus portadores podem visitar sem ter visto, de acordo com a Henley:

  1. Alemanha (177)
  1. Singapura (176)
  1. Dinamarca, Finlândia, França, Itália, Japão, Noruega, Suécia, Reino Unido (175)
  1. Áustria, Bélgica, Luxemburgo, Holanda, Espanha, Suíça (174)
  1. Irlanda, Coreia do Sul, Portugal, Estados Unidos (173)
  1. Canadá (172)
  1. Austrália, Grécia, Nova Zelândia (171)
  1. República Tcheca, Islândia (170)
  1. Malta (169)
  1. Hungria (168)
  1. Liechtenstein, Eslováquia, Eslovênia (167)
  1. Letônia, Lituânia, Malásia (166)
  1. Estônia (165)
  1. Polônia (163)
  1. Mônaco (162)

A Ucrânia (44º) e a Geórgia (53º) foram os que mais subiram na lista deste ano, aumentando em 15 e 14 classificações respectivamente, após suas recentes liberações de visto junto à União Europeia.

Paquistão, Síria, Iraque e Afeganistão continuam no final da lista do index pelo segundo ano consecutivo, com cada um tendo acesso a 30 países ou menos sem necessidade de visto.

Cristian H. Kälin, presidente do grupo Henley & Partners, acredita que a necessidade para acesso sem visto é maior do que nunca.

“Através do espectro econômico, indivíduos querem ultrapassar os obstáculos impostos sobre eles pelos seus países de origem e acessar oportunidades de negócios, financeiras, de carreira e estilo de vida em uma escala global”, disse ele.

“O Henley Passport Index mostra aos indivíduos onde eles estão no espectro da mobilidade global, revelando a força que seus passaportes têm em relação a outros passaportes”.

Fonte: Business Insider, Henley Passport Index
Imagem: Bank Image

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

Por que levantar os limpadores de para-brisas antes da neve

Publicado em 24 de janeiro de 2018, em Comportamento

Em dias de neve é comum ver os limpadores de para-brisas levantados. Sabe qual é a razão surpreendente para deixá-los assim?

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Porque os japoneses deixam os limpadores de para-brisas levantados no inverno (Car Mobi)

Mesmo nos locais onde não costuma ter tanta neve é comum ver os veículos estacionados com os limpadores de para-brisas levantados.

Publicidade

Um dos motivos pelos quais os motoristas japoneses fazem isso, tem uma explicação até óbvia. Se deixar os para-brisas no seu estado normal, com o acúmulo da neve, até que jogue uma água morna para derreter o acúmulo, fica paralisado. Mas há outros motivos por trás disso. Três situações podem ocorrer no inverno com neve:

  1. A neve cai sobre o para-brisas já molhado
  2. Depois que chove, ainda vem neve
  3. Neva uma vez, derrete e neva de novo

Todo os carros do estacionamento estão com os limpadores de pé (Car Moby)

Nessas situações corre-se o risco de juntar água entre a borracha da palheta e o vidro. A água se congela e a borracha gruda no vidro do para-brisas. Aí fica difícil de desgrudá-la. Ao tentar fazer isso, forçosamente, pode ocorrer danificação das palhetas. Com as borrachas danificadas, não se consegue limpar os para-brisas, e pior, pode danificar o vidro.

Também será preciso ter um gasto extra para a troca das palhetas. Além disso, há modelos de veículos cujo motor dos limpadores chega a queimar, segundo sites especializados.

Se deixá-los de pé, eles não correm risco de se danificarem. E tem mais um detalhe. Na hora de remover a neve acumulada, de mais de meio metro, do carro todo e do para-brisas fica mais fácil passar a pá ou a vassoura.

Na hora de passar a vassoura para derrubar a neve, fica mais fácil de limpar o para-brisas (Car Mobi)

Limpador de para-brisas de pé: motivo surpreendente

Agora o mais surpreendente é que os motoristas japoneses que moram em áreas com neve intensa ou nevascas fazem isso por um motivo simples.

Eles levantam os limpadores para poder identificar seu carro no meio de tantos, todos brancos. É como se fosse um sinalizador.

Sinalizador é um dos motivos simples e surpreendente (Car Moby)

Então, resumindo há 3 motivos básicos para deixá-los levantados no inverno com neve.

  1. Para evitar que a borracha congele e grude no vidro, danificando a borracha
  2. Para evitar que os limpadores entortem, o que poderia causar incidentes
  3. Como sinalizador do veículo a fim de localizá-lo no meio das montanhas de neve em torno dos carros

Com essa simples atitude ao estacionar o carro na garagem descoberta, pode-se evitar danos ou gastos extras. Mesmo que more em região onde não neva tanto, se o boletim de meteorologia informar que nevará a noite, previna-se deixando os limpadores de pé.

Fonte e fotos: Car Moby

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
UniFCV Japão - Educação a distância
Uninter - JAPÃO - Educação a distância