Diferença nas temperaturas no arquipélago chegou aos 50ºC

No mesmo arquipélago foi constatada diferença de 50ºC entre dois locais, no inverno deste ano. Veja onde.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

O cálculo foi feito simplesmente subtraindo as temperaturas de dois locais, veja onde

Com o efeito do fenômeno La Niña até as ilhas da província de Okinawa tiveram dias mais frios na semana passada. No entanto, no domingo (18) à tarde os termômetros marcaram 25ºC em Ishigaki. As pessoas caminhavam soltas, com roupas de verão.

Publicidade

Na segunda-feira (19), exatamente às 6h02, a capital registrou 1,8ºC, temperatura normal para uma manhã de inverno.

Já em Yonagunijima (Okinawa), cerca de 2 mil quilômetros da capital, os termômetros marcaram 21,9ºC. Se no amanhecer foi registrada essa temperatura, o dia foi de calor.

A 900 quilômetros de Tóquio, em Rikubetsu (Hokkaido), a manhã foi gelada como sempre no inverno. Afinal, é considerada a cidade mais fria do arquipélago. Foi registrada a temperatura de -28,1ºC.

Ao fazer o cálculo, subtraindo -28,1ºC de 21,9ºC o resultado foi de 50ºC. Portanto, no mesmo arquipélago, nos dois extremos, a diferença de temperatura chegou aos 50ºC, exatamente às 6h02.

Em Okinawa há muitos locais que já estão providenciando a abertura da temporada de praias já em 21 de março, enquanto a população das províncias do norte ainda estão vivendo dentro da paisagem branca.

Fonte e fotos: ANN

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

Altíssima contaminação do solo em Ogaki

Publicado em 20 de fevereiro de 2018, em Sociedade

Uma indústria local contaminou o solo da cidade de Ogaki, em Gifu. O excedente foi de 620 vezes que o padrão permitido. Saiba o que fazer.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

A responsável por esse desastre foi a indústria de produtos químicos de Ogaki, em Gifu (CBC TV/Pixabay)

O nível de contaminação do solo foi muito além do padrão estabelecido no país. O fato foi constatado no solo ao redor da Indústria Química Sintética Nippon (Nippon Gosei Kagaku Kogyo), onde se constatou nível de contaminação de 620 vezes mais de substâncias prejudiciais como o mercúrio.

Publicidade

Nessa fábrica, as substâncias nocivas foram detectadas anteriormente, mas negligenciou o relatório para a província de Gifu.

A província recebeu relatório de que no período de dezembro até este mês foi constatada contaminação de mercúrio no solo, com valor de 620 vezes mais do que o permitido como limite.

Esta não foi a primeira vez. Em outubro de 2015, na mesma indústria foi detectada contaminação de 10.200 vezes, de mercúrio. Nessa ocasião a província não havia recebido o relatório.

A empresa informou que excluirá todo o solo contaminado.

O governo da província alerta os residentes de Ogaki para não consumir a água do poço.

Fonte: CBC TV 
Fotos: CBC TV e Pixabay

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
UniFCV Japão - Educação a distância
Uninter - JAPÃO - Educação a distância