Como desbloquear o SIM card do seu smartphone

O que é SIM card, como e quando desbloqueá-lo e para que finalidade. Compreenda tudo isso.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Compreenda o que é e para que serve o SIM card para saber se quer desbloquear ou não (Pixabay)

Para começar, compreenda o que é o SIM card, esse cartão minúsculo que está dentro de todos os smartphones, tablets e outros dispositivos. Ele é acrônimo de Subscriber Identity Module, o que significa guardar todas as informações do usuário, número do telefone celular e imprescindível para realizar chamadas e para se conectar à internet. Portanto, é como se fosse um documento de identidade do dispositivo.

Publicidade

Há 3 tamanhos desse cartão: convencional, micro e nano. Os smartphones da Apple são todos com o do tipo nano e podem ser comprados desbloqueados. Para isso, basta adquirir um na loja Apple e depois escolher a operadora.

Há outros dispositivos desbloqueados como Huawei, Asus, Sharp, Vaio, Motorola e outros, à venda nas lojas de produtos eletroeletrônicos.

As 3 grandes operadoras – Au, Docomo e Softbank – vendem os smartphones com o SIM card bloqueado para que o usuário fique amarrado por pelo menos 24 meses a elas. Para solicitar o desbloqueio é preciso que tenha usado pelo menos 6 meses de contrato. O pedido é feito nas lojas das operadoras. Para isso basta dizer SIMロック解除, pronunciando shimu rokku kaijo. É preciso pagar uma taxa de serviço de 3 mil ienes. Os dispositivos que podem ser liberados são aqueles adquiridos a partir de maio de 2015.

Antes de solicitar a liberação, recomenda-se fazer backup das informações.

Méritos do desbloqueio do SIM card

  • Pode levar seu smartphone (depois de tudo pago na operadora) para o Brasil ou qualquer outro país. Lá se compra um novo SIM card e insere no dispositivo, para usar no local
  • O usuário pode escolher o smartphone ou o dispositivo que quiser, independente da operadora
  • O usuário pode escolher uma operadora megabarata MVNO, privilegiando o uso de internet e não fazer ligações convencionais. Para chamar outra pessoa poderá usar apps como Messenger, WhatsApp, Line e outros
  • A MVNO, é acrônimo de Mobile Virtual Network Operator, ou operadora com rede virtual para mobile. Essas operadoras usam as linhas das 3 grandes – Au, Docomo e Softbank – para oferecer serviços de telecomunicação. São as recentes Rakuten, Bic Camera, Line, Mineo, Y!Mobile, etc.

Você mesmo pode remover o SIM card do iPhone ou iPad (Pixabay)

Depois de desbloquear o SIM card

Feito isso é preciso remover o SIM card do aparelho. Se é usuário de um dispositivo da Apple, toque aqui e leia as instruções em português. Se usa smartphone ou dispositivo de outra fabricante, procure como fazer isso na página web dela.

Se for repassar seu dispositivo para outra pessoa, lembre-se de desbloqueá-lo e remover do aparelho. Assim, evitará que terceiros tenham acesso a informações pessoais e outros dados.

Fontes: governo e SIM Free
Fotos: Pixabay 

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

Plano de aumento de tarifas de Trump preocupa o Japão

Publicado em 5 de março de 2018, em Notícias do Mundo

A Federação Japonesa de Aço e Ferro apresentou uma carta à Trump pedindo que reconsiderasse o plano de impor tarifas de 25% e 10% em aço e alumínio importados.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Donald Trump anunciou o aumento das tarifas de importação de aço e alumínio citando razões de segurança nacional (NHK/reprodução)

O governo e a indústria japoneses estão preocupados sobre os possíveis efeitos na economia doméstica por causa do aumento das tarifas de importação, o qual Donald Trump anunciou em 1º de março que seria imposto sobre aço e alumínio por razões de segurança nacional.

Publicidade

Enquanto a medida dos Estados Unidos parece ter como alvo principalmente a China, um oficial sênior do ministério japonês da economia disse que “não há garantia de que o Japão não será afetado após suas exportações de aço aos EUA terem aumentado 38,5% ano a ano em janeiro.

Além das inquietações sobre uma possível queda no envio de aço do Japão aos Estados Unidos, que atualmente contam por 5% de suas exportações totais da liga metálica, há preocupações de que as tarifas planejadas por Trump poderiam fazer com que a China envie mais aço dentro da Ásia, o principal campo de atuação para fabricantes japonesas.

“Estamos muito preocupados de que as tarifas dos EUA levarão a uma queda nos preços do aço (no mercado asiático)”, disse Kosei Shindo, presidente da Nippon Steel & Sumitomo.

A Federação Japonesa de Aço e Ferro, um grupo da indústria liderado por Shindo, apresentou uma carta à Trump na sexta-feira (2), pedindo que reconsiderasse o plano de impor tarifas de 25% e 10% sobre aço e alumínio importados.

Fonte: Jiji
Imagem: NHK

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
UniFCV Japão - Educação a distância
Uninter - JAPÃO - Educação a distância