Rússia anuncia teste bem-sucedido de míssil hipersônico

“A Rússia tem o maior potencial nuclear do mundo, mas ninguém nos ouviu”, disse o presidente Valdmir Putin.

O ministério da defesa russo liberou o que ele descreveu como imagens do lançamento do Kinzhal (CNN/reprodução)

O Ministério de Defesa da Rússia disse que testou com êxito um dos mísseis “invencíveis” que o presidente Vladmir Putin disse no início deste mês ter a capacidade de transportar uma ogiva a velocidade hipersônica e penetrar defesas dos EUA.

Publicidade

“Uma tripulação do caça de alta performance MiG-31 das Forças Aeroespaciais russas conduziram um exercício de combate de lançamento do míssil hipersônico de alta precisão Kinzhal na área designada”, disse o ministério em uma declaração divulgada no sábado (10).

“O míssil hipersônico confirmou sua performance operacional técnica e dados de tempo do sistema de míssil Kinzhal”, disse a declaração.

O ministério da defesa russo liberou o que ele descreveu como imagens do lançamento do Kinzhal. O vídeo parece mostrar uma jet militar transportando um míssil. Algumas partes dele estavam desfocadas.

A arma, projetada para eliminar alvos em terra e no mar, alcançou seu alvo atribuído em um campo de treino, disse o ministério, e descreveu o lançamento como “normal”.

Pessoal militar russo foi treinado para realizar voos diurnos e noturnos com a arma em qualquer condição climática, disse o ministério.

O ministério disse que, devido às características de alto voo da aeronave MiG-31 e avançada tecnologia hipersônica de alta manobra, “o Kinzhal não têm análogos no mundo”, uma afirmação que os EUA minimizaram como uma “retórica de eleição” com a aproximação do voto presidencial da Rússia em 18 de março.

Durante um discurso anual ao parlamento russo, Vladmir Putin disse que a Rússia tinha desenvolvido um novo míssil nuclear de cruzeiro com alcance “ilimitado” que é capaz de evadir sistemas de defesa aéreos. Ele também disse que a Rússia desenvolveu um míssil “invencível” que pode transportar uma ogiva a velocidade hipersônica.

“A Rússia tem o maior potencial nuclear do mundo, mas ninguém nos ouviu”, disse Putin. “Ouçam-nos agora”.

Fonte e imagem: CNN
Vídeo: Twitter//@mod_russia

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

Trump “conhece os riscos de encontro” com a Coreia do Norte

Publicado em 12 de março de 2018, em Notícias do Mundo

Nenhuma data ou local foram estabelecidos para a reunião, apesar de notícias iniciais de que ela seria realizada até maio.

Críticos alertaram que se as discussões não tiverem êxito, as duas nações ficarão em uma posição pior do que antes

O diretor da CIA – Agência Central de Inteligência – Mike Pompeo defendeu a decisão de Donald Trump em se encontrar com o líder norte-coreano Kim Jong-un, dizendo que o presidente americano compreende os riscos.

Publicidade

Trump não está fazendo encenação, ele vai lá para resolver um problema”, disse Pompeo à Fox News no domingo (11).

O presidente disse que a reunião poderia produzir o “maior negócio para o mundo”.

Contudo, críticos alertaram que se as discussões não tiverem êxito, as duas nações ficarão em uma posição pior do que antes.

Nenhum presidente em exercício nos EUA se encontrou com um líder norte-coreano. Trump teria aceito a oferta quando ele foi comunicado pelos representantes sul-coreanos na quinta-feira (9), pegando sua administração de surpresa.

Temores de que Kim possa“ tirar vantagem”

No entanto, políticos de ambos os principais partidos nos EUA demonstraram preocupação em relação à planejada reunião.

O senador republicano Cory Gardner disse à CBS que ele queria “medidas concretas e verificáveis para desnuclearização” antes da realização de qualquer reunião.

Outro senador republicano, Jeff Flake, disse à NBC que estava cético sobre se a desnuclearização era definitivamente uma meta real.

Coreia do Norte “ quer paz”, disse Trump

Em um comício político realizado na Pensilvânia do sábado, Trump disse aos seus seguidores que acreditava que a Coreia do Norte queria “construir a paz”.

Contudo, frisou que poderia deixar a reunião rapidamente se ela não parecesse evoluir para que o desarmamento nuclear seja feito.

“Quem sabe o que pode acontecer?”, disse Trump. “Posso sair rápido ou ficar e fazer o maior negócio para o mundo”.

Data ou local não foram estabelecidos

Nenhuma data ou local foram estabelecidos para a reunião, apesar de notícias iniciais de que ela seria realizada até maio.

O escritório presidencial da Coreia do Sul disse que a vila de cessar-fogo de Panjmunjom, que fica na zona desmilitarizada entre o Norte e o Sul, era uma opção “significativa”, divulgou a agência de notícias Yonhap.

A Suíça, Suécia e China também foram nomeadas como possíveis locais.

Fonte: BBC
Imagem: Bank Image

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
Banco do Brasil - faça remessas com segurança!
Kumon - aprenda japonês e tenha mais oportunidades!