Novo voo mais longo do mundo estreará ainda este ano

Até o final de 2018, o novo Airbus da Singapore Airlines entrará em operação entre Singapura e Nova York. A viagem de 20 horas se tornará a rota de voo sem escalas mais longa do mundo.

Singapura a Nova York sem parada. Quase 20 horas no ar (CNN)

Até o final deste ano, passageiros que entrarem a bordo no mais novo avião da Singapore Airlines, o Airbus A350-900 ULR- Ultra Long Rang – viajarão em um voo mundial de tempo recorde que reconectará as duas grandes metrópoles.

Publicidade

A companhia aérea costumava usar o A340-500 de quatro motores e alto consumo de combustível na rota de 15.300Km, com somente 100 poltronas de classe business a bordo. O serviço provou ser ineficiente e a Singapore Airlines cancelou os voos em 2013.

Agora, a empresa está encomendando o mais novo corpo amplo da Airbus, o A350-900. Ela tem 21 aviões em sua frota, de um pedido para 67 aeronaves.

Em 23 de abril, o avião fez seu primeiro teste de voo, uma viagem de ida e volta de quase cinco horas que foi lançado da unidade de montagem de fuselagem em Toulouse, na França.

Todos os A350 compartilham a filosofia de design da Airbus que faz a cabine da aeronave se parecer mais como um quarto, ao invés de um tubo longo. O avião tem tetos altos, iluminação sofisticada em LED, paredes laterais quase verticais e baixo nível de barulho, de acordo com Florent Petteni, diretor de marketing da Airbus.

A fuselagem dos A350 é feita com materiais compostos, incluindo fibra de carbono – ao invés de usar técnicas convencionais de construção com alumínio. Isso permitiu à Airbus incluir janelas amplas e panorâmicas. Muitas janelas.

Contudo, dada a missão de longa distância da ULR, é igualmente importante garantir que a cabine possa ficar completamente escura, para dar aos passageiros um ambiente de sono tranquilo.

O ULR será capaz de voar  notáveis 18.700Km, um aumento de mais de 2.800Km em relação ao padrão A350. Isso significa que a Singapore Airlines vai reivindicar uma coroa de viagem: aquela de operar a rota aérea sem escalas mais longa do mundo.

Fonte e imagem: CNN

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

Susto na Universal Studios: brinquedo para e 30 ficam de barriga para baixo

Publicado em 1 de maio de 2018, em Acidentes

A famosa montanha-russa The Flying Dinosaur parou subitamente na USJ. A uma altura de 30m, 30 pessoas ficaram paradas.

The Flying Dinosaur parou repentinamente a 30 metros de altura (Asahi)

Por volta das 16h40 o brinquedo que é pura adrenalina – The Flying Dinosaur – da Universal Studios Japan (Osaka) parou por causa do sensor de segurança. Pelo menos 30 pessoas ficaram de barriga para baixo a uma altura de 20 a 30 metros. As últimas pessoas resgatadas ficaram cerca de 30 minutos nessa posição desconfortável.

Publicidade

Segundo a USJ não houve feridos. Um a um dos visitantes foi retirado com a ajuda dos funcionários do parque temático. Depois cada um deles desceu pelo corredor lateral da montanha-russa.

Os sensores de segurança fizeram a montanha-russa parar subitamente. Esse brinquedo estreou no ano retrasado. A empresa gestora disse que está verificando o que ocorreu para ter acontecido essa parada de emergência.

Não é a primeira vez que ocorre incidente com brinquedos na USJ.

Em 3 de abril um dos 4 Hollywood Dream The Ride parou automaticamente por causa do sensor. Em fevereiro ocorreu o mesmo problema de parada súbita no brinquedo Hollywood Dream The Ride Back Drop, a 43 metros de altura.

Fontes: Sankei, NHK e Asahi 
Fotos: Asahi 

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
Uninter - JAPÃO - Educação a distância
Life Card - cartão exclusivo para brasileiros