Japão planeja mais quartos de hotéis acessíveis para usuários de cadeiras de rodas

Ministério japonês planeja revisar os padrões sobre quartos sem barreiras em hotéis a fim de aumentar o espaço para hóspedes cadeirantes

Sob as novas regras, hotéis com 201 a 300 quartos, por exemplo, teriam que disponibilizar três ou mais dependências adaptadas para usuários de cadeira de rodas (imagem ilustrativa)

O ministério da terra do Japão planeja revisar os padrões sobre quartos sem barreiras em hotéis para aumentar o número de espaços acessíveis para hóspedes cadeirantes, antes das Olimpíadas e Paralimpíadas de Tóquio em 2020, informaram fontes, divulgou o Jiji.

Publicidade

Atualmente, hotéis com uma área útil de pelo menos dois mil metros quadrados e 50 quartos de hóspedes são obrigados a ter um ou mais adaptados para os usuários de cadeiras de rodas.

Os novos padrões sendo considerados pelo ministério exigiriam que pelo menos 1% de todos os quartos em tais hotéis sejam aqueles usados por cadeirantes, disseram as fontes.

Para fazer a mudança, o ministério revisará um decreto para implementar a lei sem barreiras da nação.

Sob as novas regras, hotéis com 201 a 300 quartos, por exemplo, teriam que disponibilizar três ou mais dependências adaptadas para usuários de cadeira de rodas.

O Comitê Paralímpico Internacional e organizações para deficientes vêm pedindo pelo aumento de quartos do tipo em hotéis no Japão antes dos jogos em 2020.

Fonte: Jiji
Imagem: Banco de imagens

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

Dia mais quente do ano: passou dos 39ºC

Publicado em 16 de julho de 2018, em Sociedade

Ibigawa-cho, em Gifu, registrou temperatura recorde deste ano. Em quase todo o arquipélago o calor é tanto que compromete a vida.

Dia mais quente do ano em Ibigawa, província de Gifu, com 39,3ºC (NHK)

Por conta do anticiclone do Tibete e outro do Pacífico, o Japão está amargando um calor que põe a vida em risco.

Publicidade

A Agência de Meteorologia alerta constantemente para todos os cuidados para evitar hipertermia. Procurar um local fresco e ingerir água e sal em quantidade moderada pode salvar vidas.

As temperaturas deste feriado de segunda-feira (16) foram altas. Em Ibigawa-cho (Gifu) o termômetro registrou 39,3ºC até 14h30. Foi a maior de todo o país, marcando o dia mais quente do ano.

Na província de Gifu as temperaturas foram altas. Na cidade homônima foi de 39ºC, em Tajimi 38,9ºC, Gujo Hachiman 38,8ºC e em Minokamo o registro foi de 38,7ºC.

Em Takasaki (Gunma) não foi diferente com 38,4ºC, em Quioto 38,1ºC e em Nagoia 38ºC.

Em outras localidades as temperaturas variaram entre 34ºC a 37ºC.

Em 45 das 47 províncias há alerta da AMJ para temperaturas elevadas.

A recomendação é tomar medidas preventivas para proteção da vida. No verão mais quente como agora é preciso evitar de ter a fadiga chamada de natsubate e também a hipertermia, pois mata.

Fonte e foto: NHK 

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
Uninter - JAPÃO - Educação a distância
Empregos no Japão - HUMAN