Embrião in vitro da paciente desaparece de hospital

Um dos embriões in vitro congelados desaparece de hospital onde paciente faz tratamento de infertilidade.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Imagem ilustrativa da fertilização in vitro e hospital à dir. (Pixabay/hospital)

O hospital Mihara, em Quioto (província homônima), informou na sexta-feira (21) o desaparecimento de um dos embriões in vitro congelados de uma paciente.

Publicidade

Segundo o hospital, em julho de 2015, de uma paciente que faz tratamento contra infertilidade foram retirados óvulos que foram fecundados in vitro. Em setembro do ano passado, ela realizaria o implante. Mas ao verificar o local de armazenamento dos embriões congelados, dos 5 faltava um.

Quando e como desapareceu são um mistério.

O hospital declarou que a investigação está sendo conduzida para elucidação, sob o ponto de vista dos sentimentos da paciente.

O Mihara Ladies Hospital é especializado em ginecologia e obstetrícia, e tem 29 leitos.

Fontes: Sankei e NHK 
Fotos: Pixabay e hospital 

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

Seven Eleven: assédio sexual poderá levar a rompimento de contrato

Publicado em 21 de setembro de 2018, em Sociedade

Atitudes de assédio sexual de dono de uma loja de conveniência contra uma cliente caíram na Internet. Seven Eleven considera romper contrato.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Imagem meramente ilustrativa: Sankei

De acordo com a Seven & I Holdings, gestora da rede de lojas de conveniência Seven Eleven, em breve a empresa deverá decidir o que fazer com o dono e gerente de uma das lojas, de Ashikaga (Tochigi). A declaração feita na sexta-feira (21) diz que inclui considerar rompimento de contrato com o acusado de assédio sexual.

Publicidade

A Seven & I Holdings se refere a um vídeo que viralizou mostrando cenas de assédio sexual. O dono e gerente dessa loja diz repetidamente palavras vulgares à cliente que faz o pagamento no caixa. Também aparece perseguindo a mulher, no vídeo.

As imagens foram gravadas pela vítima no dia 17, por volta das 2h, e ela publicou na web.

Segundo a empresa gestora, essa loja não é de propriedade direta, mas uma franqueada. “A matriz e o dono da loja estão em igualdade de condições, portanto não podemos puni-lo. Mas queremos resolver isso o mais rápido possível”, declarou.

Fonte e foto: Sankei 

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
UniFCV Japão - Educação a distância
Uninter - JAPÃO - Educação a distância