Ex-político de Aichi preso na China: prisão perpétua ou pena de morte

Acusado de contrabando de droga, ex-vereador de Aichi recebeu sentença máxima na China, mas pode se livrar da pena de morte.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Foto ilustrativa: Pixabay

Na terça-feira (11) um japonês condenado à prisão perpétua ou pena de morte na China completou 75 anos. Essa idade faz diferença para um réu que cumpre pena máxima.

Publicidade

O réu Takuma Sakuragi, então vereador de Inazawa (Aichi), foi flagrado em outubro de 2013 com 3,3kg de estimulantes no aeroporto de Guangzhou, província de Guangdong. A droga estava dentro de uma mala e, apesar de negar dizendo que não sabia dela, o tribunal não perdoou.

Em julho do ano seguinte, 2014, recebeu a sentença: 15 anos ou perpétua ou execução.

No entanto, na China, há uma lei que para o réu condenado à pena máxima não se aplica a pena de morte quando tem idade acima de 75 anos. Portanto, o ex-vereador japonês poderá não ser executado.

No direito penal da China, quando uma pessoa é presa com mais de 50 gramas de droga, o Superior Tribunal aplica a pena de morte.

O advogado do ex-vereador está aguardando por uma decisão da Corte. De acordo com o jornal Chunichi, ele tem visitado o seu cliente com frequência. Disse para a reportagem que Sakuragi se encontra psicologicamente abalado devido à detenção de longo prazo. Desde o começo deste ano, a cada visita o réu não tem disposição para ouvir. Fala unilateralmente.  

Fonte: Chunichi 
Foto: Pixabay 

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

Lexus inova: câmeras no lugar dos espelhos dos retrovisores

Publicado em 12 de setembro de 2018, em Sociedade

A Toyota inova no seu próximo Lexus ES a ser lançado em outubro. No lugar dos retrovisores, câmeras especiais. Produto inédito no mundo, diz.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Lexus: no lugar dos retrovisores com espelho, câmera (Sankei)

A Toyota Motor anunciou na quarta-feira (12) uma inovação para o lançamento do Lexus ES, no próximo mês. Se o cliente preferir pode pedir câmeras no lugar dos tradicionais retrovisores com espelhos.

Publicidade

A gigante informou que essa inovação para veículos produzidos em massa é inédita no mundo.

As câmeras são menores do que os retrovisores convencionais, portanto há vantagens. Segundo a montadora, aumenta o campo de visão frontal diagonal e também diminui o ruído do vento com o carro em alta velocidade.

Como funcionam essas câmeras

No lugar dos espelhos dos retrovisores laterais – direito e esquerdo – e também do traseiro, são instaladas câmeras.

As imagens são apresentadas em monitores no painel, proporcionando maior visibilidade.

Foto: Sankei

As câmeras possuem forma que dificulta a aderência das gotas de chuva ou água. O motorista pode dirigir com conforto e segurança mesmo nos dias chuvosos e à noite. Isso porque a clareza e brilho das imagens no monitor são ajustadas automaticamente, de forma que fica fácil para o motorista visualizá-las.

Se quiser essa inovação basta pagar como opcional de luxo.

Segundo a montadora essa novidade para o exterior ainda não tem data programada.  

Fonte e foto: Sankei 

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
UniFCV Japão - Educação a distância
Uninter - JAPÃO - Educação a distância