Gasolina: maior preço em 3 anos e 9 meses

Aumento de preço do combustível pela 16.ª semana consecutiva. A média da gasolina comum chegou a ¥153,10.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Foto: CarView

A Agência de Indústria de Recursos Naturais e Energia informou na quarta-feira (12) que o preço médio do litro da gasolina comum chegou a ¥153,10. É a média mais alta em 3 anos e 9 meses, ou desde 8 de dezembro de 2014, quando chegou a 155,30.

Publicidade

Esse aumento ocorreu pela 16.ª semana consecutiva.

O preço médio da de alta octanagem também teve aumento de ¥1 passando a ¥163,90/l enquanto o óleo diesel está na faixa dos ¥131,70.

Uma das causas é a preocupação de uma redução na oferta em relação à reintrodução das sanções do Irã pelos EUA. Isso fez subir o preço do petróleo.

Também tem a questão do mercado de câmbio, com ligeiro enfraquecimento do iene e valorização do dólar, apontou a agência.

Fontes: Chunichi e JNN 
Foto: CarView

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

Ex-político de Aichi preso na China: prisão perpétua ou pena de morte

Publicado em 12 de setembro de 2018, em Ásia

Acusado de contrabando de droga, ex-vereador de Aichi recebeu sentença máxima na China, mas pode se livrar da pena de morte.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Foto ilustrativa: Pixabay

Na terça-feira (11) um japonês condenado à prisão perpétua ou pena de morte na China completou 75 anos. Essa idade faz diferença para um réu que cumpre pena máxima.

Publicidade

O réu Takuma Sakuragi, então vereador de Inazawa (Aichi), foi flagrado em outubro de 2013 com 3,3kg de estimulantes no aeroporto de Guangzhou, província de Guangdong. A droga estava dentro de uma mala e, apesar de negar dizendo que não sabia dela, o tribunal não perdoou.

Em julho do ano seguinte, 2014, recebeu a sentença: 15 anos ou perpétua ou execução.

No entanto, na China, há uma lei que para o réu condenado à pena máxima não se aplica a pena de morte quando tem idade acima de 75 anos. Portanto, o ex-vereador japonês poderá não ser executado.

No direito penal da China, quando uma pessoa é presa com mais de 50 gramas de droga, o Superior Tribunal aplica a pena de morte.

O advogado do ex-vereador está aguardando por uma decisão da Corte. De acordo com o jornal Chunichi, ele tem visitado o seu cliente com frequência. Disse para a reportagem que Sakuragi se encontra psicologicamente abalado devido à detenção de longo prazo. Desde o começo deste ano, a cada visita o réu não tem disposição para ouvir. Fala unilateralmente.  

Fonte: Chunichi 
Foto: Pixabay 

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
UniFCV Japão - Educação a distância
Uninter - JAPÃO - Educação a distância