Número de mortos em Brumadinho chega a 58

Na tragédia de Brumadinho (MG) uma barragem de rejeitos de mineração da empresa Vale se rompeu na tarde de sexta-feira (25).

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Os bombeiros trabalham com a possibilidade de encontrar sobreviventes. Mas o porta-voz admite que alguns corpos poderão não ser localizados (Agência Brasil)

O Corpo de Bombeiros informou na noite de domingo (27) que 58 pessoas morreram na tragédia de Brumadinho (MG), onde uma barragem de rejeitos de mineração da empresa Vale se rompeu na tarde de sexta-feira (25).

Publicidade

Até o momento, 305 pessoas estão desaparecidas e 192 foram resgatadas com vida. Um ônibus foi encontrado nesta noite com corpos. Não se sabe o número de corpos, por isso as equipes de resgate continuarão os trabalhos durante a noite.

O coordenador da Defesa Civil de Minas, tenente-coronel Flávio Godinho, explicou que o número de desaparecidos aumentou, pois mais nomes foram incluídos na lista em relação a que foi divulgada pela manhã.

De acordo com o tenente Pedro Aihara, porta-voz dos bombeiros, as equipes elencaram 14 áreas prioritárias de busca, entre elas locais onde estão soterrados uma locomotiva, uma pousada, ônibus e o refeitório da mineradora Vale, onde a maioria dos funcionários estava na hora do rompimento da barragem.

Os bombeiros trabalham com a possibilidade de encontrar sobreviventes. Mas o porta-voz admite que alguns corpos poderão não ser localizados.

As equipes interromperam as buscas durante o dia de hoje, após alerta de que uma segunda barragem, neste caso de água, corria risco de rompimento por causa do aumento do nível. As sirenes foram acionadas de madrugada pela Vale e moradores orientados a deixar suas casas. No meio da tarde, a Defesa Civil descartou o risco e os bombeiros retomaram as buscas.

Rompimento de barragem em Brumadinho – Informação ao público

Aos que desejam obter notícias sobre trabalhos de resgate e vítimas do rompimento de barragem da empresa Vale no Córrego do Feijão (Brumadinho/MG), ocorrido no último dia 25, o Ministério das Relações Exteriores orienta a acessar diretamente a página eletrônica da Vale do Rio Doce (www.vale.com), que traz informações atualizadas sobre as providências em curso.

A empresa disponibilizou também canais telefônicos para apoio e atendimento à população, nos seguintes números: 0800 285 7000 (Alô Ferrovia – prioritário) e 0800 821 5000 (Ouvidoria da Vale). As ações estão a cargo do Comitê de Ajuda Humanitária, formado por equipe de assistentes sociais e psicólogos que fazem o atendimento aos atingidos e seus familiares.”

Fonte: Agência Brasil e Ministério das Relações Exteriores

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

Parque temático subaquático terá Boeing 747 afundado

Publicado em 28 de janeiro de 2019, em Curiosidades

O local deve ficar pronto para os exploradores até o verão de 2019.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

O Boeing 747 de 70 metros de comprimento que está prestes a ser afundado é uma aeronave desativada e especialmente preparada (ilustração via CNN)

O país no Golfo Pérsico, Bahrein, está esperando atrair mergulhadores de várias partes do globo com um novo “parque temático subaquático” – um local de mergulho imenso que abrange 100 mil metros quadrados com algumas características incomuns.

Publicidade

O ponto central dessa extravagância subaquática? Um Boeing 747 afundado.

O Boeing 747 de 70 metros de comprimento que está prestes a ser afundado é uma aeronave desativada e especialmente preparada.

O projeto subaquático é o produto de uma parceria entre o Conselho Supremo para Meio Ambiente, o Turismo de Bahrein e Autoridade de Exibições, e o setor privado.

Anunciado pela estatal Bahrain News Agency, o local de mergulho aparentemente também destacará uma casa de comércio de pérolas baremitas, recifes de corais artificiais e esculturas de arte.

O local deve ficar pronto para os exploradores até o verão de 2019, então os planos estão a todo vapor.

Segundo organizadores, a atração em Bahrein será ecologicamente correta – promover o crescimento da vida marinha.

Não é a primeira atração subaquática

A proposta de Bahrein não é a primeira em que uma aeronave é afundada deliberadamente para criar uma atração de mergulho.

Nos EUA, um Boeing 727 foi afundado ao largo da costa de Miami em 1993. Posteriormente ele sofreu danos durante a passagem do furacão Gordon no verão de 1995.

Enquanto isso, no Mermet Springs, em Illinois, um Boeing 727 que foi destaque no filme dos anos 1990 “U.S. Marshals” agora fica debaixo d’água e faz parte de um popular local de mergulho.

No Canadá, mergulhadores podem explorar um Boeing 737 desativado no Canal de Stuart perto de Chemainus, na Colúmbia Britânica.

Na Turquia, um Airbus foi afundado nas águas ao largo da costa egeia há alguns anos, destinado a ser um recife artificial.

O iminente parque temático de Bahrein também faz parte de uma tendência mais ampla de atrações turísticas subaquáticas.

Do hotel subaquático das Maldivas – de onde você pode desfrutar da vista marinha sem se molhar – ao museu subaquático da América, que fica ao largo da costa da Flórida, onde mergulhadores podem explorar estátuas surpreendentes e esculturas.

Fonte: CNN Travel

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
UniFCV Japão - Educação a distância
Uninter - JAPÃO - Educação a distância