Surto de influenza na Penitenciária de Nagoia afeta 300 pessoas

Um surto de influenza na penitenciária colocou a instituição em situação de emergência, com presos e funcionários infectados.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Penitenciária de Nagoia, em Miyoshi (FNN)

A Penitenciária de Nagoia, situada em Miyoshi (Aichi) está em situação de emergência por conta do surto de influenza.

Publicidade

Até quarta-feira (30) foram registrados 205 presos e 95 funcionários com influenza, incluindo os que já sararam.

No total são 1.741 cumprindo pena e desses, 100 ainda estão infectados. Dos 452 servidores 36 ainda amargam a infecção.

Em 2015 pouco ocorreu um surto atingindo mais de 100 pessoas. Foi a primeira vez que a instituição carcerária registrou tantos pacientes em curto período de tempo.

O surto expandiu desde 24 de janeiro porque os prisioneiros são acomodados em celas para 3 ou 6 pessoas. Além disso, a infecção se alastrou também durante o trabalho nas fábricas, apesar das medidas de uso de máscara e isolamento dos infectados.

Como medidas de prevenção as atividades de trabalho dos presos foram suspensas e todos os dias a temperatura corporal deles é medida e realizado o checking da infecção.

Fontes: FNN e Asahi 

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

Radiação vaza em laboratório combustível nuclear

Publicado em 31 de janeiro de 2019, em Sociedade

Nenhum vazamento foi detectado no lado de fora do laboratório na vila de Tokai, em Ibaraki.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Representantes da Agência de Energia Atômica do Japão durante uma coletiva de imprensa no escritório do governo da província de Ibaraki, na cidade de Mito, em 30 de janeiro (FNN Prime)

Um laboratório de combustível nuclear estatal na província de Ibaraki informou na quarta-feira (30) que detectou um vazamento de radiação em sua instalação de manuseio de plutônio, mas nenhum trabalhador foi exposto.

Publicidade

A JAEA- Agência de Energia Nuclear do Japão disse que um alarme disparou após nove funcionários terem trocado as capas de plástico em dois recipientes que continham MOX, uma mistura de plutônio e urânio, e os removerem de um compartimento lacrado.

A agência disse que os trabalhadores, os quais usavam máscaras, escaparam da exposição à radiação após correrem para outra sala. Nenhum vazamento foi detectado no lado de fora do laboratório – o Nuclear Fuel Cycle Engineering Laboratories – na vila de Tokai. A instalação encerrou a produção de combustível nuclear em 2001 e está sendo desmantelada.

A causa do vazamento está sob investigação. A agência sugeriu possível dano nas capas de plástico durante a mudança de rotina.

A JAEA foi reprimida várias vezes por autoridades nucleares japonesas pelo seu escasso registro de segurança nos últimos anos.

Um saco de plutônio se rompeu durante uma inspeção feita pela agência no ano de 2017 em outra instalação, contaminando cinco trabalhadores. Um autogerador de plutônio, o Monju, está sendo desmantelado após sofrer um acidente em 1995.

Fonte: Asahi

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
UniFCV Japão - Educação a distância
Uninter - JAPÃO - Educação a distância