Etiqueta no ‘hanami’, o piquenique sob as cerejeiras floridas

Chegou a época do esperado ‘hanami’. Mas não custa nada conferir as dicas para um piquenique divertido e com etiqueta.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Hanami (Photozou)

Com a chegada da primavera japoneses e estrangeiros se rendem ao tão esperado piquenique sob as cerejeiras, com etiqueta, claro. Afinal, já faz parte da cultura japonesa e vale a pena experimentar.

Publicidade

Mas esse momento de confraternização entre os colegas de trabalho, amigos ou familiares, precisa seguir algumas regras de civilidade.

Quando as cerejeiras estão floridas nos parques é fácil encontrar um assalariado vestido de terno sobre uma lona de plástico azul, com seu laptop, guardando o lugar. Para isso, o importante é que não seja grande demais, que tenha espaço suficiente para o número de pessoas que participa do evento. Cuidado para não usar cordinhas para amarrar as extremidades nos troncos e galhos.

Lonas azuis usadas nos piqueniques (Photozou)

Partindo do princípio que é de conhecimento público, jamais estenda o tapete ou a lona sobre as raízes expostas das cerejeiras. Se danificadas, a árvore fica comprometida. Além disso é preciso tomar cuidado para não derramar cerveja e refrigerantes sobre as raízes. Elas são delicadas.

Outro ponto a ser observado é o deslocamento ao local, de carro. Se puder usar o transporte público, melhor. Isso porque os estacionamentos costumam ficar congestionados. Se o local fica muito distante de um ponto de ônibus ou estação, pode compartilhar o veículo com os amigos.

E por falar nisso, para quem costuma tomar bebida alcoólica não deve dirigir. Fazer uma farrinha, cantar e se exaltar não tem problema, desde que não incomode os vizinhos.

‘Hanami’, de noite ou de dia, com etiqueta (Photozou e Flickr)

Também é preciso tomar cuidado com o volume das caixas de som. Afinal, não são todos que gostam do mesmo ritmo ou estilo musical do seu grupo.

Se o local permite fazer churrasco, ótimo. Apesar de querer garantir uma sombra, se for de dia, é melhor evitar para não danificar a cerejeira com o calor do fogo do carvão. Depois do churrasco, verificar se apagou o fogo.

Em áreas onde não é permitido assar carnes, em geral, é proibido fumar. Os fumantes devem procurar um fumódromo.

Além da etiqueta, o que fazer

Um banquete no piquenique (Pexels)

Se for de dia é mais tranquilo, mas a noite pode esfriar. Caso tenha criança pequena e idoso convém verificar de antemão onde ficam os toaletes. Também recomenda-se levar uma manta por causa da baixa temperatura. Caso uma das pessoas tenha dificuldade para se sentar no chão uma cadeira dobrável é muito útil.

Levar lanterna no piquenique de noite é importante, mesmo com iluminação no local. Caso alguém perca algo e depois de recolher tudo, fica mais fácil conferir se está tudo em ordem.

É muito importante levar sacos de lixo para a classificação dos descartes. E, claro, não deixar nada sujo no local. Apesar dos locais de hanami disponibilizarem lixeiras, em geral, ficam cheias logo. Por isso, não custa nada levar para casa.

Lixeiras no parque de hanami (Photozou)

Nem é preciso dizer que quebrar galhos é proibido, porque essas árvores são frágeis.  

Há muitos parques que na época da apreciação de sakura há barracas de comidas e bebidas. Se for o caso, confira antes para ver se tem o que o grupo gosta. Se preferir, separe as lancheiras com comidas gostosas, mais as bebidas.

Se é bom cozinheiro pode preparar oniguiris, salgadinhos brasileiros, bolos salgados e doces para um farto hanami. Ou, simplesmente levar uma garrafa de champagne ou vinho para um clima bem romântico, a dois!

Tocando aqui vai ser direcionado para a seção de lazer e turismo onde há dicas de locais incríveis para apreciar as cerejeiras!

Divirta-se no hanami!

Barracas de comes & bebes nos festivais das cerejeiras (Hatena Photo Life)

Fontes: GNavi e iFukuoka

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

Passageira é quase expulsa de avião por causa de roupa ‘inapropriada’

Publicado em 18 de março de 2019, em Notícias do Mundo

A companhia aérea britânica pediu desculpas após a tripulação de cabine ameaçar expulsar uma passageira pelo que considerou “roupa inapropriada” que “causou ofensa”.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Emily O’Connor estava em um voo da Thomas Cook Airlines do Aeroporto de Birmingham com destino às Ilhas Canárias no início deste mês (banco de imagens, Twitter)

Uma companhia aérea britânica pediu desculpas após ameaçar expulsar uma passageira pelo que a tripulação de cabine ter considerado “roupa inapropriada” que “causou ofensa”.

Publicidade

Emily O’Connor, de 21 anos, que estava em um voo da Thomas Cook Airlines do Aeroporto de Birmingham no Reino Unido com destino a Tenerife, nas Ilhas Canárias, no início deste mês, perguntou aos outros passageiros no avião se eles estavam ofendidos com a sua roupa quando ela foi confrontada pela tripulação de cabine. Ninguém falou nada, divulgou o CNN. Ela estava usando calças de cintura alta com um cropped top.

“Eu me senti humilhada”, disse a jovem britânica ao Yahoo UK. Fiquei tão abalada. Eles podiam ver claramente, mesmo assim continuaram a salientar o quão inapropriada e ofensiva eu estava. Eu estava a ponto de chorar”. O’Connor disse que ainda foi humilhada quando o incidente foi anunciado no alto-falantes da aeronave.

Ela finalmente teve permissão para ficar quando sua prima que estava sentada no banco lhe deu uma jaqueta para vestir.


O’Connor disse na quinta-feira (14) na British TV que não usava uma jaqueta quando embarcou porque “estava com calor e foi o que eu disse a eles”. Ela também frisou que um homem usando somente uma regata e bermuda não foi confrontado pela tripulação de cabine.

Um representante da Thomas Cook localizou O’Connor para pedir desculpas, mas insistiu que a norma de “roupas apropriadas” da companhia aérea se aplica a todos.

“Lamentamos ter causado transtorno à Sra. O’Connor”, disse a companhia aérea em uma declaração ao Yahoo. “Está claro que poderíamos ter lidado melhor com a situação”.

A norma de roupas apropriadas parece não estar listada em qualquer lugar no site da companhia aérea.

O que existe na revista inflight da companhia é extremamente escassa em detalhes. “Os clientes que usarem roupa inapropriada (incluindo itens com slogans ofensivos ou imagens) não terão permissão para viajar até que uma mudança de roupas seja possível”, diz a norma.

Fonte: Huffpost

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão
ISA - Empregos no Japão
Uninter - JAPÃO - Educação a distância