Os 10 castelos mais bonitos no Japão

Veja um ranking com os 10 castelos mais bonitos no Japão.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Castelo de Matsumoto (sup. à esq.), Castelo de Himeji (sup. à dir.), Castelo de Osaka (inf. à esq.) e Castelo de Shuri (inf. à dir.) – banco de imagens

Se você gosta de viajar e também aprecia castelos essa lista é muito interessante. De acordo com a TV Asahi, há cerca de 4.000 castelos e ruínas enfeitando a paisagens japonesas.

Publicidade

A emissora entrevistou 10 mil fãs de castelos e especialistas para classificar quais são os melhores – e mais belos – no país e seguem na lista abaixo:

10- Castelo de Hirosaki

Província de Aomori

Uma visita ao Castelo de Hirosaki vale a pena mesmo se você não conhecê-lo por dentro. Seu fosso é rodeado por cerejeiras e na primavera ele se transforma em um dos locais mais belos no país para ver as sakuras.

Castelo de Hirosaki na temporada de sajura (banco de imagens)


9- Castelo de Nijo

Província de Quioto

Ao contrário de outros castelos famosos no país, o de Nijo foi construído após o fim da guerra civil de séculos do Japão, conhecido como período Sengoku. Concluído em 1679, o Castelo de Nijo era mais uma residência para o shogun quando ele estava visitando Quioto a partir de Edo (atualmente Tóquio) e então ele tem uma extensa disposição, como uma vila, e jardins espaçosos, em acentuado contraste com as torres reforçadas e caminhos deliberadamente desorientados de castelos construídos durante o tempo de guerra.

Palácio Ninomaru no Castelo de Nijo (banco de imagens)

8- Goryokaku

Província de Hokkaido

Construído em 1855, o Goryokaku simplesmente entra no fim da era feudal, que terminou em 1868. Enquanto isso possa torná-lo tecnicamente um castelo, ele é bem mais moderno em design do que os outros na lista. O que ele não tem de cachê histórico da era samurai no entanto, ele compensa com um fosso em formato de estrela distintivamente belo.

O Goryokaku (banco de imagens)


7- Castelo de Takeda

Provínicia de Hyogo

Resta muito pouco do Castelo de Takeda, mas isso faz parte do que torna uma visita a ele tão valiosa. Situado no alto das montanhas entre as costas norte e sul do Japão, as ruínas do castelo assumem uma qualidade sobrenatural quando estão rodeadas por nevoeiro logo pela manhã.

O ar sobrenatural das ruínas do Castelo de Takeda (banco de imagens)


6- Castelo de Nagoia

Província de Aichi

O Castelo de Nagoia sempre foi um pouco de dicotomia. Enquanto quase todos gostem de seu exterior majestoso, o interior completamente moderno frustra a experiência para os visitantes que querem um olhar direto de como era a vida para os antigos habitantes do castelo. Por sorte, isso poderá ser visto em breve, visto que o Castelo de Nagoia, erguido em concreto após a 2ª Guerra Mundial, deve ser reconstruído em madeira, bem como era originalmente.

O belo Castelo de Nagoia com sakura (banco de imagens)


5- Castelo de Shuri

Província de Okinawa

A cultura Ryukyu de Okinawa é uma mistura de tradições indígenas e influências do reinado antigamente independente através de seus negócios com a ilha principal do Japão e outras culturas asiáticas. Isso se estende ao Castelo de Shuri, que é uma das poucas fortalezas no Japão que tem pátio em seu centro.

O belo Castelo de Shuri (banco de imagens)

4- Castelo de Kumamoto

Província de Kumamoto

O Castelo de Kumamoto não teve uma vida fácil. Uma porção substancial da fortaleza sofreu incêndio na Rebelião Satsuma no fim dos anos 1900. O castelo também foi danificado devido a vários terremotos, o mais recente em 2016 quando uma de suas muralhas desmoronou. Ainda assim, ele continua sendo um símbolo da comunidade e uma das atrações turísticas mais populares da região Kyushu.

Apesar de ter sofrido danos no terremoto de 2016, o Castelo de Kumamoto continua sendo um símbolo na região Kyushu (banco de imagens)


3- Castelo de Matsumoto

Província de Nagano

Embora ele tenha passado por renovações várias vezes, a torre do castelo está de pé desde o início dos anos 1500 e ele fica especialmente impressionante quando visto juntamente com seu reflexo na água no fosso que o rodeia.

O Castelo de Matsumoto também é chamado de “castelo corvo” por causa de seu exterior de cor preta (banco de imagens)


2- Castelo de Osaka

Província de Osaka

Com uma variedade de arranha-céus visíveis no horizonte atrás dele, o Castelo de Osaka é sem dúvida o melhor exemplo visual de como o Japão teceu seu passado tradicional na vida moderna.

O Castelo de Osaka forma uma paisagem tradicional e moderna (banco de imagens)


1- Castelo de Himeji

Província de Hyogo

E finalmente uma última viagem a Hyogo. Embora o outro castelo da província, o de Takeda, seja apenas ruínas, o de Himeji é amplamente considerado o melhor castelo preservado em todo o Japão. Isso se deve ao fato de que ele sofreu poucos danos nos vários séculos desde que foi construído. O castelo nunca foi cercado durante o período feudal e sobreviveu ao bombardeio da cidade durante a 2ª Guerra Mundial.

E finalmente o mais belo do Japão, o Castelo de Himeji, que se transforma na primavera (banco de imagens)

Com tantos castelo belos e interessantes, qual deles você pretende visitar?

Fonte: Sora News

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

Nachi no Taki, conheça uma das mais altas e belas cachoeiras do Japão

Publicado em 27 de março de 2019, em Turismo em Wakayama

A Nachi no Taki, localizada na província de Wakayama, é uma das cachoeiras mais conhecidas no Japão.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

A Nachi no Taki fica na cidade de Nachikatsuura, na província de Wakayama

A Nachi no Taki, localizada em Nachikatsuura, na província de Wakayama, é uma das cachoeiras mais conhecidas no Japão.

Publicidade

Com uma queda de 133 metros (e 13 metros de largura) ela é a cachoeiras mais alta do país com uma queda única contínua, contudo, as  mais altas com múltiplas quedas no Japão são a de Hannoki, com 497 metros (sazonal) e a de Shomyo, com 350 metros (ano todo).

Para chegar até ela, há um percurso bem agradável em meio à natureza

Desse ponto já possível sentir a energia de Nachi no Taki

Há duas rochas no topo da cachoeira que são as suas guardiãs e o santuário xintoísta. Há também um templo Budista no local que foi destruído durante a Restauração Meiji – final do século 19.

Muitos praticantes da religião japonesa Shugendo e frustrados pela má sorte pulavam do topo da cachoeira na crença de que eles renasceriam no paraíso de Kannon.

É impossível não se encantar com a sua beleza

Logo no início de toda a manhã um sacerdote xintoísta faz oferendas à cachoeira em um ritual. Em 1918, um montículo Sutra foi escavado na base da cachoeira e nele foram descobertos vários artefatos arqueológicos importantes, incluindo estátuas, espelhos, encaixes de altares e cilindros Sutra.

A beleza de Nachi no Taki fica ainda mais acentuada da plataforma de observação

Esses são agora exibidos no Ryuhoden – Salão do Tesouro – localizado próximo ao Sanjudo (o pagode de três andares) em Seiganto-ji.

Esses montículos Sutra foram criados por sacerdotes em tempos de guerra para esconder seus tesouros, mas também muitos itens foram enterrados desta maneira como resultados da crença de que o fim do mundo estava próximo com o início do século 10.

Com a crença de abrigar um deus chamado de Hiryu Gongen venerado no Kumano Nachi Taisha, Nachi no Taki faz parte dos “Locais Sagrados e Rotas de Peregrinação na Cordilheira de Kii” dos Locais de Patrimônio Mundial da UNESCO.

Na área há vários estabelecimentos comerciais e estacionamentos pagos

Cachoeira de Nachi (那智滝 Nachi no Taki)

  • Horário de funcionamento: das 7h às 16h30
  • Para ter acesso à plataforma de observação o ingresso custa 300 ienes
  • Há estacionamentos pagos na área
  • Site para informações: https://www.nachikan.jp/kumano/nachi-no-taki/
  • Toque aqui para abrir o mapa e ver a localização
Imagens: Portal Mie

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão
ISA - Empregos no Japão
Uninter - JAPÃO - Educação a distância
UniFCV Japão - Educação a distância
Kumon - aprenda nihongo por correspondência