Fugaku, o novo supercomputador do Japão

O supercomputador de próxima geração do Japão recebeu o nome de Fugaku. O governo planeja começar a usá-lo em 2021.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Protótipo do Fugaku (Fujitsu via Kyodo)

O novo supercomputador do Japão, Fugaku, deve iniciar as operações em 2021 com o país visando reganhar o título de desenvolver a máquina mais rápida do mundo, substituindo seu atual supercomputador K, disse na quinta-feira (23) o instituto de pesquisa RIKEN que é financiado pelo governo.

Publicidade

O Fugaku, apelido para Monte Fuji, visa ser de 40 a 120 vezes mais rápido que o K, o primeiro supercomputador no mundo a atingir uma taxa computacional de mais de 10 quatrilhões de cálculos por segundo.

“Um supercomputador é essencial para solucionar desafios sociais como desenvolvimento de medicamentos e prevenção de desastres”, disse o presidente do RIKEN Hiroshi Matsumoto. “Dedicaremos nossos melhores esforços para seu sucesso e operação”.

O novo supercomputador, desenvolvido ao custo de aproximadamente 110 bilhões de ienes, será utilizado em uma ampla variedade de pesquisas realizadas por várias empresas e universidade que incluem previsão de fortes chuvas.

O nome foi escolhido entre mais de cinco mil sugestões enviadas pelo público.

O novo supercomputador será instalado no Centro para Ciência Computacional em Kobe do instituto, substituindo o K quando ele se aposentar em agosto.

“Estamos visando ter a velocidade computacional mais veloz do mundo”, disse Satoshi Matsuoka, chefe do centro.

Os Estados Unidos e a China revelaram planos para lançar supercomputadores com habilidade computacional similar ao do Fugaku em 2020 ou 2021.

O supercomputador K, que se refere à 10 quatrilhões em japonês, ficou em primeiro no mundo em velocidade computacional, será substituído pelo Fugaku (Wikimedia/Toshihiro Matsui)

Em 2011, o K, que se refere à 10 quatrilhões em japonês, ficou em primeiro no mundo em velocidade computacional, entrando em operação plena no mês de setembro de 2012. Ele caiu para o 18º lugar nos rankings mais recentes reportados em novembro passado.

De acordo com a lista dos “Top 500” supercomputadores mais rápidos do mundo feita semestralmente por pesquisadores, os EUA ficaram em primeiro com sua máquina Summit em novembro de 2018. A China manteve o primeiro lugar de 2013 até junho de 2018, quando os EUA reganharam a primeira posição.

Fonte: Japan Times

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

Facebook remove 2,2 bilhões de contas falsas

Publicado em 24 de maio de 2019, em Tecnologia

O Facebook informou que grande parte das contas falsas foi deletada dentro de minutos após serem criadas, usando inteligência artificial.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Mais de dois bilhões de contas falsas removidas (banco de imagens)

O Facebook informou que deletou 2,2 bilhões de contas falsas nos primeiros três meses deste ano, um aumento acentuado em comparação ao trimestre anterior, quando 1,2 bilhão foram removidas.

Publicidade

A empresa atribuiu o aumento acentuado a uma expansão em ciberataques pelo que ela chamou de “maus atores que tentaram criar grandes volumes de contas de uma só vez”. Representantes da empresa não falaram sobre os motivos por trás dos ataques nem se fazem parte de um esforço organizado.

O Facebook informou que grande parte das contas falsas foi deletada dentro de minutos após serem criadas, geralmente usando inteligência artificial.

A empresa também revelou que vários posts ofensivos foram removidos no primeiro trimestre.

Trinta e três milhões de posts violentos, 19 milhões com conteúdo sexual, 6 milhões enaltecendo o terrorismo e 4 milhões contendo discursos de ódio raciais ou religiosos foram detectados.

Fonte: NHK

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
UniFCV Japão - Educação a distância
Uninter - JAPÃO - Educação a distância