Nigeriano morreu após greve de fome em centro de detenção

A morte ocorreu em um centro de imigração na província de Nagasaki em 24 de junho, de acordo com a Agência de Serviços de Imigração.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

(ilustrativa/banco de imagens PM)

A agência da imigração revelou na terça-feira (1º) que um nigeriano morreu de fome em junho em uma de suas instalações no sudoeste do Japão após entrar em greve de fome por causa de sua detenção prolongada.

Publicidade

A primeira morte do tipo no Japão ocorreu no centro de imigração em Omura (Nagasaki) em 24 de junho, de acordo com a Agência de Serviços de Imigração.

A agência concluiu em um relatório que o homem, na faixa dos 40 anos, havia recusado comida ou tratamento médico e que a instalação não podia medicá-lo forçadamente, dizendo que sua resposta à situação “não foi inapropriada”.

O homem foi condenado em vários casos criminais, incluindo roubo, e levado para o centro de detenção após ter sido libertado provisoriamente da prisão em novembro de 2015. O relatório disse que ele não podia ser solto do centro dado a gravidade e natureza repetitiva de seus crimes.

Centros de detenção da imigração do Japão mantêm pessoas que estão com vistos expirados ou que receberam ordem de deportação, dentre outros. Muitas pessoas acabam ficando detidas por um longo tempo caso se recusem a serem deportadas ou se seus países de origem recusem a aceitar seus retornos.

Houve outros casos que detidos fizeram greves de fome buscando serem libertados dos centros, e grupos civis criticam autoridades da imigração por mantê-las por períodos extensos, dizendo que isso é uma questão de direitos humanos.

A agência também disse no relatório que “o problema de detenção prolongada deveria ser resolvido ao facilitar o repatriamento”, enquanto pede pela consideração de medidas para prevenir greves de fome e tornar obrigatório que instalações de detenção ofereçam tratamento médico aos internos quando necessário.

O centro soube que em 30 de maio o homem parou de comer. Autoridades na instalação examinaram sua condição de saúde e tentaram convencê-lo a comer ou receber tratamento, de acordo com o relatório.

O homem, que havia se casado com uma japonesa mas se divorciou depois, havia recusado ser deportado porque ele tinha família no Japão.

Desde o fim do ano passado, 1.246 pessoas estavam detidas em instalação de imigração, com 681 delas presas há mais de 6 meses, de acordo com a agência.

Fonte: Mainichi

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

Korankei: um lugar incrível para visitar em Aichi no outono

Publicado em 2 de outubro de 2019, em Turismo em Aichi

O Korankei, considerado um dos melhores locais para apreciar a belezas das folhas de outono na região Chubu, é um vale na província de Aichi.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

As cores vermelha, amarela laranja dão um toque especial ao vale em Aichi (banco de imagens/PM)

O Korankei é um vale na província de Aichi considerado um dos melhores locais para apreciar a belezas das folhas de outono na região Chubu.

Publicidade

Dando forma ao vale está o Monte Iimori de 254 metros de altura, onde fica um templo, o Kojaku-ji. No século 17, o sacerdote principal do Kojaku-ji plantou alguns bordos ao longo do acesso ao templo, levando muitos residentes locais a fazerem o mesmo na área.

Hoje em dia os visitantes que vão a Korankei podem ver frutos desses esforços passados, na forma de excelente cenário de outono que atinge o pico em meados ao fim de novembro de cada ano.

Belo local para visitar em Aichi no outono (Alexandre Shimoishi)

As melhores cores tendem a aparecer em torno dos caminhos ao longo do Rio Tomoe nos lados oeste e sul do Monte Iimori.

Os visitantes também podem desfrutar de locais agradáveis com túneis de bordos em combinação com vistas do rio e das poucas pontes que o atravessam. A ponte vermelha, a Taigetsu-kyo, é o símbolo de Korankei e um local incrível para fotografar.

A iluminação especial durante o outono é espetacular! (banco de imagens PM)

Durante cada outono barracas são montadas perto de uma ponte, a Tomoehashi, onde iluminações noturnas acontecem a partir do por do sol até as 21h. Eventos como apresentações musicais são realizados no espaço aberto Korankei Hiroba.

Uma atração no Korankei que é independente das cores de outono é a Sanshu Asuke Yashiki Village, que preserva muitas casas antigas em uma atmosfera de vilarejo.

As pessoas que visitam o local podem participar de muitos workshops realizados em várias casas e tentar fazer alguns artesanatos como cestos de bambu, sandálias de palha, lenços tingidos de índigo e cartões postais de papel japonês, o washi.

Observe que o Korankei é extremamente popular durante a temporada do outono, principalmente aos fins de semana.

Quer cenário mais lindo que esse? (banco de imagens PM)

A recomendação é ir cedo quando o congestionamento ainda não está tão complicado. Mais tarde no dia pode haver longas filas de carros em frente à estacionamentos lotados.

Toque aqui para abrir o mapa e ver a localização.

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão
ISA - Empregos no Japão
Uninter - JAPÃO - Educação a distância
UniFCV Japão - Educação a distância
Kumon - aprenda nihongo por correspondência