Ponte de Taiwan parte ao meio e fere gravemente várias pessoas

Uma ponte do Condado de Yilan colapsou na manhã de terça-feira, atingindo embarcações que passavam sob ela. Veja o vídeo e possível causa.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Ponte caída em Taiwan (CNA/Taiwan)

No Condado de Yilan em Taiwan aconteceu um trágico incidente por volta das 9h30 de terça-feira (1.º). O acidente foi em Nanfang’ao, na costa leste do país. 

Publicidade

Uma ponte em formato de arco, de 140 metros de comprimento e 15 metros de largura partiu ao meio. Ela ficava a 18,5m de altura do nível do mar. 

Várias embarcações foram atingidas no momento do colapso, entre elas pesqueiras e também um navio-tanque, o qual sofreu incêndio. Havia trabalhadores estrangeiros nos navios pesqueiros, das Filipinas, Indonésia e Vietnã que se feriram.

Segundo a imprensa local – Agência Central de Notícias – foram resgatadas 10 pessoas, sendo que 6 estão em estado grave e há pelo menos 6 desaparecidos. 

No dia anterior Taiwan foi atingida pelo forte tufão Mitag, com rajadas de vento e chuva intensa, além de um terremoto de magnitude 3,8, os quais podem ter sido a causa do colapso da ponte. 

Assista ao vídeo do trágico colapso.

Fontes: ANN e CNA

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

Fabricante japonesa de alumínio cortará 2 mil empregos

Publicado em 1 de outubro de 2019, em Sociedade

O desempenho da empresa se deteriorou devido a uma demanda fraca para materiais de alumínio em meio ao conflito comercial entre os EUA e a China

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Na imagem acima, a sede da UACJ, Tokyo Sankei Bldg (Wikimedia)

A fabricante japonesa de alumínio UACJ diz que planeja cortar 15% de sua força de trabalho até o ano fiscal 2022. Cerca de 2.000 trabalhadores serão afetados.

Publicidade

O desempenho da empresa se deteriorou devido a uma demanda fraca para materiais de alumínio em meio ao conflito comercial entre os EUA e a China. A desaceleração da economia chinesa afetou a demanda por aparelhos usados para fabricar semicondutores.

A UACJ diz que também vai consolidar suas bases de produção em uma tentativa de melhorar sua posição financeira.

A empresa planeja fechar uma instalação na cidade de Nikko (Tochigi) no ano fiscal 2021 ou posteriormente. Ela também pretende suspender uma parte das linhas de produção em uma outra instalação na cidade de Fukaya (Saitama).

A UACJ diz que vai considerar a realocação dos trabalhadores desses dois locais.

De acordo com a empresa, ela vai colocar mais foco em áreas com crescimento em potencial, como autopeças e latas de alumínio para mercados asiáticos e outros.

Fonte: NHK

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão
ISA - Empregos no Japão
Kumon - aprenda japonês e tenha oportunidades