Mais 60 pessoas testam positivo para coronavírus em navio de cruzeiro no Japão

O navio está em quarentena desde 3 de fevereiro após a descoberta de que um passageiro que desembarcou em Hong Kong estava infectado com o coronavírus.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

O Diamond Princess está em quarentena desde  3 de fevereiro (NHK)

Cerca de 60 pessoas a mais a bordo de um navio de cruzeiro colocado em quarentena na costa de Yokohama (Kanagawa) testaram positivo para o novo coronavírus, disse um oficial do governo nesta segunda-feira (10).

Publicidade

Isso significa que agora há mais de 150 casos confirmados no Japão, incluindo cerca de 130 no cruzeiro Diamond Princess.

A embarcação foi colocada em quarentena no dia 3 de fevereiro após a descoberta de que um passageiro que desembarcou em Hong Kong estava infectado com o vírus que causa pneumonia.

O navio transportava cerca de 3,7 mil pessoas, entre passageiro e tripulação, de mais de 50 países e regiões.

Fonte: Mainichi

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

Pessoas na China retornam aos poucos para o trabalho; mortos pelo coronavírus passam de 900

Publicado em 10 de fevereiro de 2020, em Ásia

Pessoas começaram a voltar aos escritórios e fábricas em toda a China nesta segunda-feira (10) quando o governo abrandou algumas restrições sobre trabalho.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

(Imagem ilsutrativa/PM)

Trabalhadores começaram a voltar aos escritórios e fábricas em toda a China nesta segunda-feira (10) quando o governo abrandou algumas restrições sobre trabalho após a epidemia de coronavírus que já causou a morte de mais de 900 pessoas, a maioria da área continental.

Publicidade

O número de 97 mortes registrado no domingo (9) foi o maior em único dia desde quando o surto foi detectado pela primeira vez em dezembro em um mercado de frutos do mar na cidade de Wuhan, capital da província de Hubei.

Em toda a China continental, houve mais de 3.062 novas infecções confirmadas, levando o número total até agora para 40.171, de acordo com a Comissão Nacional de Saúde.

A epidemia causou amplas interrupções na China, com cidades que normalmente são movimentadas parecendo locais fantasmas durante as duas últimas semanas quando o Partido Comunista ordenou isolamentos, cancelamento de voos e fechamento de fábricas e escolas.

Autoridades pediram a comerciantes que aderissem a 10 dias extras no período de feriado de Ano Novo Lunar que deveria ter se encerrado no fim de janeiro.

Mesmo nesta segunda-feira, um grande número de locais de trabalho continuará fechado e muitos trabalhadores de escritórios continuarão trabalhando no esquema home office.

Em umas das linhas de metrô mais movimentadas em Pequim, os vagões estavam amplamente vazios. As poucas pessoas que foram vistas durante o horário de pico da manhã estavam todas usando máscaras.

Hubei, a província mais afetada pelo surto, continua em isolamento, com suas estações de trem, aeroportos e estradas fechados. Algumas restrições sobre pessoas entrando e saindo de conjuntos habitacionais estão em curso em muitas outras cidades pela China, e escolas em muitas regiões serão fechadas até o fim de fevereiro.

Fonte: Agência Reuters

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
UniFCV Japão - Educação a distância
Uninter - JAPÃO - Educação a distância