N-Box fica no topo de vendas de carros novos no Japão

Os kei jidosha continuam ganhando popularidade. Veja o ranking geral dos carros novos mais vendidos no Japão em janeiro.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Kei da fabricante Honda é o mais vendido no Japão em janeiro (ilustrativa/PM)

O veículo leve (kei jidosha) da Honda Motor ficou no topo de vendas de carros novos no Japão pelo segundo mês consecutivo em janeiro, mostraram dados da indústria na quinta-feira (6).

Publicidade

As vendas do N-Box diminuíram 1,2% ante o ano anterior para 18.953 unidades.

Veículos kei continuam ganhando popularidade. Em segundo lugar ficou o Dayz da Nissan, que subiu da terceira posição em dezembro, com vendas de 14.266 unidades, seguido pelo Spacia da Suzuki Motor com 12.411 unidades e o Tanto da Daihatsu com 12.332 unidades.

O SUV compacto Raize, lançado pela Toyota em novembro, ficou no topo da lista de vendas de veículos maiores e em quinto no ranking geral, com vendas de 10.220 unidades.

Os dados vêm da Associação de Comerciantes de Automóveis do Japão e da Associação de Motos e de Veículos Leves do Japão.

Veja o ranking geral para o mês de janeiro:

Posição Carro Marca Unidades vendidas
1 N-Box Honda 18.953
2 Dayz Nissan 14.266
3 Spacia Suzuki 12.411
4 Tanto Daihatsu 12.332
5 Raize Toyota 10.220
6 Move Daihatsu 8.957
7 Corolla Toyota 8.480
8 Note Nissan 7.529
9 Sienta Toyota 6.831
10 Serena Nissan 6.781
Fonte: Jiji, Response

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

Chanko nabe: o cozido japonês supernutritivo

Publicado em 7 de fevereiro de 2020, em Culinária

Que tal aquecer o corpo no jantar saboreando esse nutritivo e delicioso cozido tradicional japonês?

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Chanko nabe: delícia rica herdada dos lutadores de sumô (Vege Garden)

O termo chanko vem do encarregado (chanko ban) do dia para preparar a comida para os lutadores de sumô. Daí o nome de chanko nabe para a panelada rica e nutritiva. Cada casa de sumô tem sua própria receita.

Publicidade

O importante é que tenha bastantes nutrientes, usando proteínas do frango e peixes, mais as vitaminas, fibras e sais minerais dos vegetais, combinados com o missô. Tudo isso dá energia para os lutadores de sumô, arte marcial nascida no Japão.

Não existe uma receita única. Portanto, será apresentada uma básica, para 4 pessoas. Você pode incrementar sua panelada como quiser, acrescentando os ingredientes que mais gosta.

Ingredientes para o chanko nabe

  • 400 g de carne de porco em fatias (pode substituir por frango, se quiser)
  • 1 tofu coado em algodão, é mais firme do que o coado em seda (木綿豆腐)
  • 1 maço de nira (parece com cebolinha, mas tem as folhas achatadas)
  • 300 g de acelga
  • 1 pacote de cogumelos shimeji
  • 1 pacote de cogumelos enoki
  • 1 alho poró
  • 2 dentes de alho
  • 4 colheres de sopa de missô
  • 2 colheres de chá de shoyu

Ingredientes para o caldo do chanko nabe

  • 4 copos de água
  • 50 ml de saquê
  • 1 colher de sopa de Hondashi

Modo de preparar

  • Os cogumelos não precisam ser lavados. Bastar cortar a base deles
  • Lavar os vegetais e secar
  • Cortar os demais ingredientes no tamanho fácil de comer
  • O alho deve ser cortado ao meio e dar uma leve achatada com a faca
  • Numa panela grande, colocar primeiro os ingredientes para o caldo, junto os pedaços de alho achatados. Levar ao fogo.
  • Quando levantar fervura colocar a carne de porco, o tofu, depois os vegetais
  • Baixar o fogo e deixar cozinhar
  • Quando tudo estiver cozido, acrescentar o missô, misturando levemente
  • Prove o sabor do caldo e vá acrescentando o shoyu aos poucos para acertar o ponto
  • Os vegetais cortados podem ficar numa travessa. À medida que as pessoas forem se servido, acrescente e espere o cozimento para se servir

Esse chanko nabe tem peixe e outros vegetais (Yamaki)

As variações podem ser feitas de acordo com seu gosto, acrescentando os vegetais preferidos, bem como bolinhos de carne de frango, kamaboko, chikuwa ou pescados.

Se não gosta de missô não precisa colocá-lo.

Para quem é vegetariano pode preparar esse cozido sem usar carnes. O substituto é o tofu. Pode acrescentar outros derivados como carne de soja.

Basta arroz e uma tigelinha para ir se servindo desse cozido que nutre, aquece o corpo e é saboroso. Se você preferir, pode degustar só o chanko nabe. Assim, torna-se uma receita low-carb.

Se preferir, coloque gergelim triturado na tigelinha para se servir.

Com o caldo que sobrar, adicione arroz, ovo, gyoza, udon ou outro tipo de macarrão japonês e inicie a segunda sessão.

Chanko nabe com pedaços de frango e bolinhos de carne de frango (Moranbong)

Fonte: Ajinomoto 
Fotos: Vege Garden, Moranbong e Yamaki

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
Uninter - JAPÃO - Educação a distância
UniFCV Japão - Educação a distância
Kumon - aprenda nihongo por correspondência