Número de trabalhadores estrangeiros no Japão atinge recorde

Por província, Tóquio teve o maior número de trabalhadores estrangeiros seguida por Aichi e Osaka.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Recorde de trabalhadores estrangeiros (ilustrativa PM)

O número de trabalhadores estrangeiros no Japão atingiu um recorde de 1,658,804 desde outubro de 2019, alta de 13.6 por cento ante o ano anterior, visto que cada vez mais companhias os contrataram em meio a uma escassez causada pelo rápido envelhecimento populacional, mostraram dados do governo em 31 de janeiro.

Publicidade

O Ministério do Trabalho atribuiu o 12º aumento anual consecutivo a uma política do governo destinada a trazer mais trabalhadores estrangeiros altamente qualificados e contratar estudantes para serviços a tempo parcial.

O ministério também disse que houve maior participação de força de trabalho por residentes permanentes e cônjuges de japoneses devido a condições empregatícias melhoradas.

O número de trabalhadores estrangeiros foi o maior desde 2008 quando dados comparáveis começaram a ser disponibilizados. Aprendizes de países em desenvolvimento sob o programa de estágio técnico do Japão também contribuíram ao aumento, disse o ministério.

Trabalhadores de nacionalidade chinesa contaram por cerca de um quarto da força de trabalho total, a 418.327, seguidos pelos vietnamitas a 401.326, filipinos a 179.685 e brasileiros a 135.455.

Por setor, o de manufatura contratou o maior número de trabalhadores estrangeiros a 483.278, ou 29.1% do total, seguido pelo varejista a 212.528, com trabalhadores categorizados em “outros serviços” a 256.503.

Por província, Tóquio teve o maior número de trabalhadores estrangeiros com 485.345, seguida por Aichi, a 175.119 e Osaka a 105.379.

O Japão criou um novo sistema de visto em 1º de abril de 2019 para trazer do exterior mais operários a fim de endereçar sua escassez de mão de obra, marcando uma grande mudança de política de suas tradicionalmente rigorosas regras de imigração.

Dados separados fornecidos pela Agência de Serviços de Imigração do Japão mostraram em 31 de janeiro que 189 mil novos estagiários técnicos entraram o Japão em 2019, alta de 26% ante o ano anterior. Sob o visto recentemente estabilizado, 563 entraram no país.

Fonte: Mainichi

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

Primeira morte por novo coronavírus fora da China é confirmada nas Filipinas

Publicado em 2 de fevereiro de 2020, em Ásia

Essa foi a primeira morte reportada em mais de 130 casos em cerca de duas dezenas de outros países e regiões fora da China continental.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Mulher usando máscara (ilustrativa/PM)

As Filipinas anunciaram neste domingo (2) a primeira morte no exterior em decorrência da crescente epidemia do novo coronavírus que se originou na China, onde novas infecções confirmadas em um registro diário devem chegar aos 14 mil casos.

Publicidade

Autoridades nas Filipinas disseram que o homem de 44 anos de Wuhan, cidade na província de Hubei, desenvolveu pneumonia grave. Essa foi a primeira morte reportada em mais de 130 casos em cerca de duas dezenas de outros países e regiões fora da China continental.

O número de mortos por causa do surto de coronavírus na China havia chegado a 304 no fim de sábado (1º), de acordo com informações da rede chinesa CCTV neste domingo, citando a Comissão Nacional de Saúde do país.

Todas as mortes na China e a maioria das novas infecções no sábado foram em Hubei, o epicentro do surto.

A China está aplicando cada vez mais isolamentos de cidades enquanto outros países introduzem restrições de viagens, companhias aéreas suspendem voos e governos evacuam seus cidadãos, arriscando piorar uma desaceleração na segunda maior economia do mundo.

A Organização Mundial da Saúde – OMS declarou o surto na quinta-feira (30) como preocupação de saúde pública de emergência internacional, mas disse que restrições globais no comércio e viagens não são necessárias.

Fonte: Asia Nikkei

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
UniFCV Japão - Educação a distância
Uninter - JAPÃO - Educação a distância