Pela primeira vez trabalhadores vietnamitas ultrapassam brasileiros em Fukui

Em número de trabalhadores estrangeiros os vietnamitas ultrapassaram os brasileiros na província de Fukui.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Imagem ilustrativa de quadro estatístico (NeedPix)

A Delegacia de Trabalho de Fukui informou na segunda-feira (3) sobre o quadro dos trabalhadores estrangeiros na província, até o fechamento do ano de 2019.

Publicidade

Houve aumento de 474 trabalhadores em relação ao mesmo período do ano anterior, atingindo um recorde de 9.925. Por nacionalidade, o povo vietnamita respondeu por 26,8%, o maior número, com 2.440.

O número de indústrias e empresas contratantes também subiu, passando a 1.360. Pelo sexto ano consecutivo a população trabalhadora vinda de fora cresceu. Vem sendo empregada nas  indústrias de manufatura, atacado, varejo e construção devido à falta de mão de obra japonesa. O número de estagiários técnicos representam a metade (50,4%) dela. 

Os chineses são em segundo maior número com 2.230, seguidos dos brasileiros com 2.117 em terceiro e em quarto os filipinos com 1.007.

Houve uma queda de 478 pessoas no número de trabalhadores brasileiros, que eram os primeiros da lista no ano anterior. Por isso foram ultrapassados pelos vietnamitas, que também tiveram aumento de 497, observando que 80% deles são estagiários técnicos. 

Fonte: Chunichi Shimbun

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

Dispersão dos pólens já começou em pequena quantidade

Publicado em 4 de fevereiro de 2020, em Sociedade

Se tem alergia aos pólens do cedro, o que causa polinose, é preciso se prevenir, pois já começou em pequena quantidade em uma parte do país.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Pólens do cedro (Photozou)

Uma a cada 2 pessoas podem manifestar polinose na época em que os pólens do cedro começam a dispersar. 

Publicidade

De Kyushu a Kanto já começou a dispersão, informou a Associação dos Meteorologistas, na segunda-feira (3). Por dois dias consecutivos foi observada apenas uma unidade em 1 centímetro quadrado. Ainda é considerado pouco pois no pico são encontradas de 30 até 50 unidades, quando se considera quantidade elevada. 

Em Hyogo já foi confirmado o início na segunda-feira. De acordo com a sucursal de Kansai da Associação de Meteorologia do Japão, o pólen do cedro em Hyogo nesta primavera foi previsto como muito baixo devido a menos horas de sol no verão passado por causa dos tufões. 

O período de pico previsto para Kyushu a Kanto é quase o mesmo do ano normal, variando de começo de fevereiro a meados de março. Quando cessar a dispersão dos pólens de cedro começa a do cipreste.

Já no começo de fevereiro as pessoas que vivem em Chiba, Tóquio, Shizuoka, Kochi, Fukuoka, Kumamoto e Kagoshima devem tomar medidas de prevenção. 

A partir da segunda quinzena deste mês, nas demais províncias, exceto de Hokkaido que começa em abril, e em Okinawa, onde não se observa. 

Fontes: Tenki, Weather News, Kobe Shimbun e Fukui Shimbun

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
UniFCV Japão - Educação a distância
Uninter - JAPÃO - Educação a distância