Brasileiro é absolvido no tribunal em Nagoia

Um segurança brasileiro acusado de agressão contra uma mulher de 27 anos, igualmente verde amarela, foi absolvido pelo juiz, em Nagoia.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Martelo do juiz (PxHere)

Um homem de 35 anos, de nacionalidade brasileira, segurança, residente na cidade de Yokkaichi (Mie) no banco do réu, foi acusado de causar ferimentos graves em uma conterrânea de 27 anos, em uma rua de Sakae, em Naka-ku, cidade de Nagoia (Aichi), no ano de 2016. 

Publicidade

Nessa ocasião a vítima teve fratura no osso do nariz e lesão na cabeça, segundo os autos. Acusado de lesão o réu foi absolvido pelo juiz do Tribunal de Nagoia, na segunda-feira (2). 

O juiz questionou a credibilidade do testemunho da vítima, por considerá-la ambígua, embora tenha afirmado “não me mexi e fui atingida por ele no rosto”.

Relato da vítima diferente do das testemunhas

Porém, “os relatos da vítima e das testemunhas não conferem”, analisou o magistrado. Além disso levou em consideração “a ingestão de uma grande quantidade de bebida alcoólica, com possibilidade de queda da percepção e memória” da vítima.

“Não posso afirmar que o testemunho dele não seja confiável e considero razoável duvidar que ele tenha cometido um ataque intencional”, disse o juiz como argumento para a absolvição.

“Investigar um caso envolvendo vários estrangeiros pode levar tempo pois foi necessário um intérprete, mas ele poderia não ter sido processado se a polícia tivesse feito uma cuidadosa investigação inicial”, apontou o advogado após a sentença.

Fontes: Mainichi e NHK

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

Vulcão mais ativo da Indonésia entra em erupção

Publicado em 3 de março de 2020, em Ásia

O status de alerta do Merapi, que já está no terceiro nível mais alto devido a sua atividade em curso, não foi elevado.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

O vulcão mais ativo da Indonésia entrou em erupção nesta terça-feira (3), lançando areia, material piroclástico e colunas massivas de fumaça e cinzas a uma altura de 6 mil metros ao céu.

A erupção do Monte Merapi na ilha principal de Java também liberou nuvens de gás abrasadoras 2Km abaixo de suas encostas, disse a Agência de Pesquisa de Geologia e Vulcanologia em seu site.

A agência disse que pessoas morando nas encostas férteis do Merapi foram avisadas a ficar a 3Km de distância da boca da cratera, visto que as cinzas deixaram a chuva grossa e turva em vários vilarejos.

Testemunhas disseram que o som pôde ser ouvido a 30Km de distância. A agência não elevou o status de alerta do Merapi, que já está no terceiro nível mais alto devido a sua atividade em curso.

A montanha de 2.968 metros de altura é a mais ativa dos 500 vulcões indonésios. O vulcão emite um som de alta intensidade e gera nuvens quentes escuras desde o ano passado. Sua última grande erupção em 2010 deixou 353 mortos.

A Indonésia, um arquipélago de 240 milhões de pessoas, é propensa a terremotos e atividade vulcânica porque fica no “Anel de Fogo” do Pacífico, uma série de falhas geológicas em forma de ferradura ao longo do oceano.

Fonte: Mainichi

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
UniFCV Japão - Educação a distância
Uninter - JAPÃO - Educação a distância