Fundador do Grupo Alibaba doa 1 milhão de máscaras ao Japão

A ação é vista como uma medida de retorno após o Japão ter oferecido amplo suporte à China por causa do surto do vírus.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Doação de 1 milhão de máscaras (ilustrativa/PM)

Uma fundação administrada pelo fundador do Grupo Alibaba Jack Ma doou 1 milhão de máscaras ao Japão em 3 de março para prevenir a propagação do novo coronavírus.

Publicidade

A ação é vista como uma medida de retorno após o Japão ter oferecido amplo suporte à China por causa do surto do vírus. O magnata chinês do e-commerce faz visitas frequentes ao Japão para dar palestras e se encontrar com líderes de negócios no país, os quais ele já conhece há muito tempo.

Jack Ma, fundador do Grupo Alibaba (Wikimedia/World Economic Forum)

Ma publicou uma mensagem sobre sua decisão, dizendo, “os japoneses deram apoio à China ao enviar itens incluindo máscaras e vestimentas de proteção várias vezes quando uma escassez de recursos médicos atingiu o pico no país”.

Caixas de máscaras doadas ao Japão pela fundação administrada pelo fundador do Grupo Alibaba Jack Ma são vistas em um depósito na China em 1º de março de 2020 (Mainichi)

As máscaras doadas não são para uso do público em geral. Uma associação privada que administrará as máscaras doadas no Japão as distribuirá a instituições médicas que sofrem com a falta do acessório após se consultar com o Ministério da Saúde, Trabalho e Bem-Estar e outras organizações.

A Embaixada Chinesa no Japão também anunciou em 29 de fevereiro via Twitter que oferecerá 100 mil máscaras e 5 mil vestimentas de proteção, assim como kits de diagnóstico.

Fonte: Mainichi

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

Abe se apressa para aprovar estado de emergência, veja o que pode mudar

Publicado em 5 de março de 2020, em Política

O Primeiro-Ministro se reuniu com políticos da situação e oposição para aprovar a declaração de estado emergência por causa do novo coronavírus.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Abe em reunião com o partido de oposição para pedir apoio (NHK)

Já passa de mil pessoas infectadas pelo novo coronavírus, somando os passageiros do cruzeiro Diamond Princess e de dentro do Japão. Até as 7h de quinta-feira (5) são 1.035, mas logo depois soube-se de novos pacientes, incluindo uma província de Chugoku, região onde era zero. 

Publicidade

Na quarta-feira (4) Shinzo Abe, o primeiro-ministro, teve reuniões com os políticos para aprovar urgentemente a emenda da declaração do estado de emergência. “Diante dessa crise não há situação nem oposição”, disse ele. “Precisamos trabalhar em conjunto. A Lei de Medidas Especiais estipula que uma declaração de estado de emergência pode ser acionada em situação crítica”, explicou.

Até o momento o primeiro-ministro Abe solicitou controle dos eventos e fechamento temporário das escolas, mas o ponto principal dessa declaração é que ela será reforçada em etapas, passando de pedidos à instruções ou ordens.

O que pode mudar com a declaração de estado de emergência

Os pontos que poderão ser destacados caso isso aconteça são:

  • Instruções específicas para as instituições médicas e profissionais da saúde, além de vacinação e prioridade no transporte e entrega de suprimentos de emergência
  • Pedidos para armazenamento de roupas e alimentos 
  • Solicitação para a população evitar de sair de casa sem necessidade 
  • Uso de terrenos para construção de instalação médica
  • Restrições à realização de grandes eventos e instruções para restringir o uso de cinemas, teatros, casas de shows, etc. em locais com área de mais de mil metros quadrados
  • Instrução para fechar temporariamente creches e escolas

Se for decretado, quando?

O representante dos partidos da oposição disse que o papel do governo é evitar que isso aconteça pois tem a preocupação de limitar os direitos humanos. Porém, se o governo apresentar comprovações científicas dessa necessidade poderá apoiá-lo, já que essa declaração permitirá que medidas mais eficazes sejam tomadas rapidamente.

O governo considera enviar imediatamente um projeto da emenda a Dieta Nacional para aprovação, visando aprovação na próxima semana.

Fontes: ANN, Asahi, FNN e NHK

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
UniFCV Japão - Educação a distância
Uninter - JAPÃO - Educação a distância