Covid-19: Japão inicia testes de anticorpos em 10 mil pessoas

Os testes, que buscam proteínas específicas produzidas pelo sistema imunológico em resposta à infecção, começaram em Tóquio e Miyagi. Osaka será a próxima.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

(Imagem ilustrativa/PM)

O Ministério da Saúde iniciou testes de anticorpos em cerca de 10 mil pessoas na segunda-feira (1º) em uma tentativa de compreender melhor a escala da infecção, visto que o país se prepara para um possível ressurgimento após a suspensão do estado de emergência na semana passada.

Publicidade

Os testes, que buscam proteínas específicas produzidas pelo sistema imunológico em resposta à infecção por Covid-19, começaram em Tóquio e na província de Miyagi, e Osaka segue na quarta-feira (3).

O governo espera descobrir o número aproximado de pessoas que foram infectadas com o vírus, incluindo as assintomáticas, a partir de testes de sangue de 3 mil residentes escolhidos aleatoriamente com idade igual ou superior a 20 em cada província.

Os resultados devem ajudar as autoridades a ter um panorama dos números de infecção se um ressurgimento ocorrer e estimar quantas pessoas precisarão de vacina assim que uma estiver disponível.

Os testes para Covid-19, a doença respiratória identificada pela primeira vez no fim do ano passado em Wuhan, na China, usarão três métodos e levarão menos tempo do que o atualmente dominante teste PCR (reação em cadeia da polimerase), o qual usa amostras da narina de um paciente e exige um mínimo de várias horas para produzir resultado.

O Japão tem mais de 17,5 mil casos da infecção, com mais de 900 mortes. O governo suspendeu integralmente o estado de emergência em 25 de maio.

As províncias de Tóquio e Fukuoka registraram um aumento no número de casos de coronavírus nos últimos dias, mas o governo disse que não tem plano imediato de colocar essas áreas sob declaração de emergência novamente.

Um teste de anticorpos para coronavírus é demonstrado em Tóquio em 1º de junho de 2020 (Kyodo)

Fonte: Kyodo News and Culture

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

Japão considera relaxamento das restrições de entrada para 4 países

Publicado em 1 de junho de 2020, em Sociedade

As atuais restrições de entrada sobre pessoas de todo o mundo devem permanecer até o fim de junho.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Portão de embarque vazio no Aeroporto de Haneda, Tóquio, em 30 de março de 2020 (PM)

O Japão está considerando relaxar a proibição de entrada sobre Tailândia, Vietnã, Austrália e Nova Zelândia na primeira flexibilização de restrições de viagem que foram impostas devido à propagação do novo coronavírus, disseram fontes do governo.

Publicidade

As atuais restrições de entrada sobre pessoas de todo o mundo devem permanecer até o fim de junho. Entretanto, essa primeira etapa de relaxamento deve ocorrer no verão ou posteriormente.

Os 4 países sendo considerados parecem ter conseguido conter as infecções, e empresários estão pedindo pela retomada de viagens entre as nações.

Vietnã, Austrália e Nova Zelândia fazem parte do acordo de Parceria Transpacífica (TPP11), e o ministro da revitalização econômica Yasutoshi Nishimura disse que estava planejando trocar opiniões já em junho sobre relaxamentos de restrições de viagem com eles. Além disso, muitas empresas japonesas operam na Tailândia.

Tendo isso em mente, o governo está planejando uma abordagem sob quais pessoas a negócios e outros terão permissão para entrar no Japão se eles obterem documentação de que testaram negativo para o vírus em um exame PCR após deixarem seus países, e também testarem negativo após chegarem ao Japão.

Em contraste, o governo está cauteloso sobre relaxamento precoce de restrições de entrada sobre a China e Coreia do Sul, apesar de pedidos de ambos os países. O relaxamento de restrições sobre os dois países deve ocorrer na segunda etapa ou depois.

Os Estados Unidos estão cada vez mais críticos com a China não ter reportado de forma apropriada sobre o surto de coronavírus, fazendo com que Tóquio hesite em relaxar as restrições rapidamente sobre a China, devido a temores de uma possível reação negativa de Washington. O governo está, portanto, planejando estudar cuidadosamente a questão.

Tóquio também está preocupada com as infecções de um novo cluster (aglomerado) de coronavírus na Coreia do Sul após Seul ter relaxado restrições sobre sair de casa.

O governo deve decidir quais países terão as restrições relaxadas na primeira etapa, e quando, após estudar o número de casos de Covid-19 e outros fatores relevantes relacionados a cada nação.

Fonte: Yomiuri

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
UniFCV Japão - Educação a distância
Uninter - JAPÃO - Educação a distância