Grupo japonês vai estudar perda de olfato como sintoma de Covid-19

O grupo terá como alvo mais de mil pacientes sendo tratados em instituições médicas no Japão.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Mulher de máscara e luva sentindo o aroma de fruta em supermercado (ilustrativa/banco de imagens PM)

Um grupo de pesquisa comissionado pelo Ministério da Saúde do Japão conduzirá uma pesquisa de larga escala sobre perda de olfato como um sintoma de Covid-19.

Publicidade

A perda de olfato foi relatada como um dos vários sintomas do coronavírus, mas pesquisa detalhada sobre isso ainda precisa ser conduzida no Japão.

Liderado por Takaki Miwa, professor da Universidade Médica de Kanazawa, o grupo terá como alvo mais de mil pacientes sendo tratados em instituições médicas no Japão. A pesquisa, que terá início no fim deste mês, vai monitorar as funções olfativas dos pacientes usando kits de teste.

O grupo também observará estresse e outras condições médicas quando as pessoas sofrem do sintoma por um longo tempo.

Há relatos de que a perda de olfato relacionada à Covid-19 é provavelmente causada por uma inflamação da membrana mucosa do nariz, uma condição também encontrada em casos de gripe comum.

Pesquisa também sugere que a inflamação de células relacionadas ao sentido de olfato, assim como parte do cérebro a qual acredita-se que perceba o cheiro, pode ser a causa do sintoma.

O grupo espera analisar os resultados da pesquisa até o fim de março e usar as descobertas para ajudar a determinar as causas e desenvolver tratamentos.

Miwa acredita que a pesquisa revelará conhecimento detalhado sobre quantos pacientes sofrem do sintoma como um efeito colateral, e por quanto tempo ele pode persistir.

Ele acrescentou que tem a esperança de que a pesquisa leve ao tratamento e livre pacientes de ansiedade.

Fonte: NHK

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

Centro oferece teste PCR para detecção de coronavírus a ¥2.900

Publicado em 6 de dezembro de 2020, em Sociedade

O centro, que oferece o serviço apenas por reserva, tem capacidade para conduzir até 780 testes PCR por dia.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Ilustrativa (banco de imagens PM)

Um centro de teste de reação em cadeia da polimerase  (PCR) abriu em frente à estação Shinbashi, no distrito de Minato (Tóquio) na sexta-feira (4), oferecendo o exame para detectar infecção pelo coronavírus ao preço de ¥2.900.

Publicidade

O centro privado, que oferece o serviço apenas por reserva, tem capacidade para conduzir até 780 testes PCR por dia.

O centro foi muito procurado devido ao preço muito barato. Normalmente, um teste PCR custa dezenas de milhares de ienes.

Leva-se apenas cerca de 3 minutos para amostras de saliva dos solicitantes serem coletadas no centro. Os resultados são enviados por email no dia seguinte.

A instalação funciona das 8h às 21h nos dias úteis e também opera aos fins de semana e feriados.

Para mais informações (reservas, métodos de pagamento, localização) toque aqui, em japonês.

Lado externo e interno do centro de teste PCR em frente à estação Shinbashi(Jiji)

Fonte: Nippon

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
UniFCV Japão - Educação a distância
Uninter - JAPÃO - Educação a distância