Pesquisa do governo indica que 13% dos pacientes com coronavírus apresentaram trombose

Pesquisa feita pelo governo revela que 13% dos pacientes em estado grave e quase 2% dos com sintomas leves tiveram sintomas de trombose.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Imagem Ilustrativa

Segundo pesquisa de equipe do Ministério da Saúde, Trabalho e Bem-Estar, 13% dos pacientes de coronavírus que necessitaram do uso de ventiladores pulmonares apresentaram sintomas de trombose. Os resultados foram publicados em meados de dezembro.

Publicidade

A pesquisa ocorreu até meados de agosto com cerca de 6.000 pacientes internados em 109 hospitais. A pesquisa revelou que, entre os 378 pacientes em estado grave, 50 ou 13,2% tiveram os sintomas de trombose.

Entre os pacientes com sintomas leves, apenas 1,85% ou 105 pessoas apresentaram trombose. Dentre os casos, os mais comuns foram de trombose venosa profunda, acidentes vasculares cerebrais (AVC) e tromboembolismo pulmonar.

“A trombose é uma doença fatal e pode ocorrer com mais facilidade em pessoas contaminadas com Covid-19. É necessário realizar tratamentos para prevenir do sangue coagular em pacientes em estado grave”, disse Horiuchi Hisanori, diretor da Associação Japonesa sobre Trombose e Hemostase.

Fonte: Yomiuri

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

Governo alerta para neve histórica e perigo de acidentes

Publicado em 30 de dezembro de 2020, em Tempo

Governo alerta para neve intensa histórica em todo o Japão.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Paralisação de pista da via expressa Kan-etsu devido a neve no dia 16 (Imagem: Yahoo)

Segundo a Agência Meteorológica do Japão (JMA, sigla em inglês), do dia 30 até o início do ano, fará um frio histórico em todo o Japão. De Hokkaido a Kyushu, a previsão é de neve intensa muito acima da média.

Publicidade

As autoridades preveem que o acúmulo de neve em áreas montanhosas entre a tarde do dia 30 e dia 31 será de:

  • 60 a 80cm em Niigata e regiões de Chugoku
  • 50 a 70cm na região de Kinki
  • 40 a 60cm em Hokuriku e Nagano
  • 30 a 50cm em Tohoku e Tokai
  • 20 a 40cm em Hokkaido, Shikoku e norte de Kyushu
  • 10 a 20cm no norte de Kanto e sul de Kyushu

Após esse período, a quantidade de neve deve diminuir, mas continuará caindo tanto em áreas montanhosas e planícies.

O governo alerta também para ventos fortes e tempestades de neve, além de mar agitado principalmente nas regiões ligadas ao Mar do Japão.

A JMA pede para todos os motoristas terem cuidado redobrado devido à possibilidade de acúmulo de neve e congelamento de pistas. Se precisar utilizar o carro, coloque pneus para neve ou correntes nos pneus comuns e tome muito cuidado.

Nas regiões ao Norte do Japão, muitas pistas ficaram paradas devido à neve. No dia 18, a via expressa Kan-Etsu em Niigata ficou interditada por 3 dias e as Forças de Autodefesa do Japão foram acionadas para auxiliar no resgate dos motoristas e retirada da neve.

Fonte: NHK

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
UniFCV Japão - Educação a distância
Uninter - JAPÃO - Educação a distância