Tóquio nega cluster de infecção no Mercado de Toyosu

O governo de Tóquio nega a suspeita de cluster de infecção.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Imagem do Mercado de Toyosu em 2019 (PM)

Desde agosto, foram confirmados diversos casos de infecção por coronavírus no Mercado de Toyosu, em Koto (Tóquio). Quatrocentos e oitenta e um comerciantes fizeram uma investigação por conta própria e descobriram que 71 dos 3.111 funcionários estavam infectados.

Publicidade

As pessoas que entraram em contato com os comerciantes infectados fizeram o teste PCR, e foi confirmado que 89 se contaminaram. Até a segunda-feira (7), no total foram 160 casos no Mercado de Toyosu, que continua funcionando normalmente.

O governo de Tóquio nega a suspeita de cluster de infecção por “muitos casos de contaminação por via desconhecida”. Segundo as autoridades, dos 160 infectados, foi descoberta a via de contaminação de apenas 16.

“Ouvimos do centro de saúde (hoken-jo) que, como não houve relatos de mais de 5 funcionários da mesma empresa contaminados de uma vez, e muitos dos casos foram confirmados após mais de 2 semanas, não se trata de um cluster. Muitos dos casos são de via desconhecida, então não pode ser classificado como cluster. Entretanto, entendemos que não foram tomadas as medidas necessárias”, comentam as autoridades.

Fonte: NHK

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

Caso de assassinato é encerrado após 24 anos por falta de pistas

Publicado em 8 de dezembro de 2020, em Sociedade

Após 24 anos de investigações do caso de assassinato de estudante universitário em Tóquio, a polícia decide encerrar as operações.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Imagem Ilustrativa (PM)

Em abril de 1996, Satoru Kobayashi, 21, estudante do quarto ano da Universidade Rikkyo, morreu após ser espancado na Estação JR Ikebukuro, em Tóquio.

Publicidade

O assassino fugiu do local e os policiais nunca conseguiram encontrar seu paradeiro. A polícia iniciou as investigações sob suspeita de homicídio culposo, mas mudou para assassinato com o decorrer das investigações.

Com a falta de pistas, o pai da vítima, Kunisaburo Kobayashi, atualmente com 75 anos, pediu o encerramento das investigações. “(A polícia) Já investigou por bastante tempo. Quero que os investigadores se preocupem com outros casos”, disse. O noticiário da NHK desta terça-feira (8) informou que as operações foram encerradas e a polícia irá transferir a investigação para a promotoria.

A polícia continuará a aceitar relatos de pessoas com informações sobre o caso.

Fonte: NHK

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
UniFCV Japão - Educação a distância
Uninter - JAPÃO - Educação a distância