Forte terremoto na Mongólia, na terça-feira

Um forte terremoto abalou dois países, Mongólia e Rússia, na manhã de terça-feira.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Hipocentro do terremoto, na fronteira com Rússia (Google)

Às 6h33 (horário Tóquio) e 5h33 no horário local de terça-feira (12), ocorreu um forte terremoto na Mongólia, com abalos no país e também na Rússia. 

Publicidade

Segundo o USGS-Serviço Geológico dos Estados Unidos, o hipocentro do terremoto de magnitude 6,8 foi próximo ao Lago Khövsgöl, no norte da Mongólia, a cerca de 55 quilômetros da fronteira com a Rússia, a 10 quilômetros de profundidade.

A área não é muito povoada, mas há várias aldeias perto do lago, incluindo Hatgal e Turt, que têm uma soma de população estimada em 5 mil pessoas. Detalhes sobre possíveis danos ou vítimas ainda não são conhecidos.

Em abril de 1950 essa mesma área teve um forte terremoto de magnitude 6,9, o qual causou danos nas aldeias vizinhas. Mais recentemente, em dezembro de 1991, ocorreu um terremoto de magnitude 6,4 a oeste do lago.

Fontes: News Digest, BNO e Volcano Discovery

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

Terça-feira: neve nas regiões Kansai e Tokai

Publicado em 12 de janeiro de 2021, em Sociedade

A área de baixa pressão se estende para as áreas das províncias banhadas pelo Oceano Pacífico, causa da neve ou chuva gelada.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Neve em Takayama, na segunda-feira (Nagoya TV)

Na terça-feira (12) a AMJ-Agência de Meteorologia do Japão informou que a área da neve se estende para as províncias banhadas pelo Oceano Pacífico.

Publicidade

Por isso, em alguns pontos das regiões Kansai e Kanto, além das províncias de Tokai, deverão ter neve na terça-feira. 

Em ampla área, essa área de baixa pressão deverá ser a causa da queda de flocos brancos, aguaneve ou chuva gelada. 

Assim, Tohoku, Hokkaido, Hokuriku e Tokai terão neve mesmo nas planícies. 

Acúmulo de neve

O máximo de acúmulo deverá ser de até 20 centímetros em Gifu, 5cm nas áreas montanhosas de Aichi, Shizuoka e Mie, e de 1 a 2cm nas planícies de Aichi e Mie.

Em alguns pontos de Kansai, Nagano e Yamanashi, prevê-se máximo de 15 centímetros, enquanto em Kanto e Chugoku 10cm e em Shikoku 7cm.

Na região Hokuriku ocorreu uma nevasca recorde na segunda-feira (11), cuja profundidade da neve chegou a mais do que o dobro ou triplo do nível normal. Ocorreram acidentes durante o trabalho de remoção de neve, da retirada da neve do telhado e avalanches.

A agência recomenda cuidado aos pedestres e motoristas das regiões Tokai, Kansai e Kanto.

Neve nas áreas em branco, aguaneve em rosa, chuva forte em azul escuro e chuva fraca em azul celeste. Nublado em cinza e céu limpo em laranja (Weather News)

Fontes: NHK, Tenki e Weather News

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
UniFCV Japão - Educação a distância
Uninter - JAPÃO - Educação a distância