Neve pesada deixa mais de 500 pessoas ilhadas em Gifu

Há local onde o acúmulo passou de 2 metros de altura, em Gifu. Em Nagoia, foi registrado o pior frio em 3 anos.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Takayama no sábado (CBC TV)

A onda de frio sobre o país fez a temperatura cair, inclusive na região Tokai. Na província de Gifu a queda contínua de neve, inclusive nas planícies, deixou a paisagem toda branca e causou transtornos em alguns locais. 

Publicidade

No domingo (10) em Shirotori Itoshiro, cidade de Gujo, uma rodovia provincial, de acesso ao vilarejo, foi interrompida para tráfego por causa da neve pesada.  

Assim, 240 pessoas de 110 residências, mais 280 turistas que foram praticar esqui e snowboard, estão ilhados, no total de cerca de 520. O problema deverá ser resolvido até o final do dia. Segundo informações do governo da província, não há notícia de pessoa ferida. O fornecimento de água e eletricidade continua. 

Até 8h de domingo, o acúmulo de neve no vilarejo de Shirakawa era de 2,36 metros, em Hida chegou a 1,49 e em Nagataki, cidade de Gujo, 1,39 metro.

Na região Mino o acúmulo foi entre 15 a 70 centímetros, na planície e nas áreas montanhosas, e a previsão indica queda de mais 20 a 40cm até a manhã de segunda-feira. 

Portanto, requer cuidado no tráfego, pois a neve deverá continuar em quase todas as cidades de Gifu durante o domingo e na terça-feira.

Nos 47 pontos de observação de Aichi, Gifu e Mie, foram constatadas temperaturas negativas no sábado.

Em Nagoia caiu até -3,7ºC na manhã desse dia, pela primeira vez em 3 anos. As águas dos lagos da cidade ficaram com a superfície congelada. Nagoia e diversas cidades de Aichi poderão ter queda dos flocos brancos na terça-feira.

Fontes: Chunichi, Tenki, Nagoya TV e CBC TV

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

Gifu: própria declaração de emergência

Publicado em 10 de janeiro de 2021, em Sociedade

O governador de Gifu emitiu declaração de emergência na província para tentar conter o explosivo aumento da infecção pelo novo coronavírus.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Governador Hajime Furuta em coletiva de imprensa no sábado (Gifu Shimbun)

Hajime Furuta, o governador da província de Gifu, emitiu declaração de estado de emergência, própria, no sábado (9).

Publicidade

Desde 5 deste mês a província vem amargando os piores resultados diários de novos casos de infecção pelo coronavírus, chegando ao recorde de 105 no sábado. Com esses aumentos o sistema médico está sob pressão, “podendo levá-lo ao colapso”, explicou. 

Esta foi a terceira vez que a província declarou emergência de forma independente, depois de abril e julho do ano passado.

Os pontos importantes dessa declaração são centrados na movimentação das pessoas nos bares, restaurantes, clubes e karaokês, onde a incidência de infecção é alta. Veja o conteúdo da solicitação do governador à população.

  1. Os estabelecimentos comerciais que servem bebida alcoólica devem encerrar o expediente mais cedo, às 20h. As bebidas podem ser servidas até 19h. O período foi estendido até 7 de fevereiro e a verba de compensação pela cooperação, aos comerciantes, é de 1.080.000 ienes.
  2. Evitar viajar para Tóquio e 3 províncias em estado de emergência, além de Aichi, Osaka, Quioto e Hyogo.
  3. Evitar sair sem necessidade ou urgência após as 20h.
  4. Em relação aos eventos, reduzir a capacidade para até 50% ou até 5 mil pessoas, no máximo.

Também inclui medidas a serem tomadas pelo governo, como a expansão das instalações de acomodação e leitos para pessoas assintomáticas ou com sintomas leves e também aumentar a realização de testes para verificar se há infecção entre os funcionários das instituições de bem-estar.

Com os resultados dos últimos dias a província de Gifu está com um índice de infecção a cada 100 mil habitantes, considerado alto, de 29,6 no sábado. 

Furuta está considerando solicitar ao governo do país declaração de estado de emergência, como fez o colega de Aichi.

Gráfico dos novos casos diários, entre 1.º/nov a 9/jan (News Digest)

Fontes: Gifu Shimbun, Nagoya TV e News Digest

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
UniFCV Japão - Educação a distância
Uninter - JAPÃO - Educação a distância