Sábado: continua alto o número de novos casos, chegando a 7,7 mil

Foram registrados 14 nos aeroportos e em todas as 47 províncias, também com elevado número de mortes.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Imagem do CDC via Health Mil.

Com aumento contínuo pelo terceiro dia consecutivo, o Japão registrou 7.790 novos casos de infecção pelo coronavírus no sábado (9), chegando a 282.550 no total. 

Publicidade

O número de óbitos passou de 4 mil com as 59 perdas dessa data. 

Na reunião online com todos os governadores, foram apresentadas propostas de declaração de situação de emergência para aquelas com acentuado número de resultados positivo nos últimos dias, além da mudança na Lei de Medidas Especiais para incluir recompensa e penalidade para os estabelecimentos que não cumprirem a redução do horário comercial.

Em relação a Osaka, Hyogo e Quioto, cujos governadores solicitaram declarar estado de emergência, o governo disse que há necessidade de análise mais apurada do quadro da infecção e em relação aos leitos. Isso deverá ser feito ao longo da próxima semana.

Províncias em estado de emergência

Na capital do país foram 2.268 testados positivo, enquanto Kanagawa registrou 999, foram 518 em Saitama e 477 em Chiba. Nas vizinhas, como Gunma e Tochigi também os registros foram altos, de 63 e 138, respectivamente. Foram 109 em Ibaraki.

Resultado das festas de fim de ano?

Na região Tokai, foram 116 em Shizuoka, 105 em Gifu, 49 em Mie e 362 em Aichi, sendo 140 em Nagoia e 20 em Toyohashi. Em Nagoia foi confirmado mais um cluster de infecção entre 11 amigos que jantaram juntos no fim de ano. 

Infográfico dos resultados em cada província e nos aeroportos (NHK)

As 3 províncias de Kansai que pediram a emissão do estado de emergência amargaram novamente altos números. Foram 647 em Osaka, 324 em Hyogo e 126 em Quioto.

Foram 80 em Okayama, 63 em Hiroshima, 327 em Fukuoka e 70 em Okinawa.

Elevado número de pacientes em estado grave

Houve aumento de enfermos em estado grave, necessitando de UTI ou ventilação mecânica, somando 827, dentre os 58.985 em tratamento. 

O número de pessoas recuperadas até sábado é de 219.546.

Na quinta-feira (7) foram realizados 52.128 testes PCR.

Fontes: Nagoya TV, JNN, News Digest e NHK

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

Supermercados consideram limitar entrada de clientes sob emergência do vírus

Publicado em 10 de janeiro de 2021, em Sociedade

Supermercados na área metropolitana planejam limitar a entrada de clientes se necessário para evitar que aglomerações sejam formadas.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Corredor de macarrão instantâneo em supermercado no Japão (banco de imagens)

Em resposta ao novo estado de emergência pelo coronavírus declarado para Tóquio e províncias vizinhas, supermercados que operam na área metropolitana estão considerando limitar a entrada de clientes se necessário para evitar que aglomerações sejam formadas.

Publicidade

A Summit Inc., que opera supermercados principalmente em Tóquio e nas províncias de Saitama, Chiba e Kanagawa, onde a nova declaração de emergência foi emitida, está pedindo aos clientes novamente que visitem as lojas em pequenos grupos e passem pouco tempo nos estabelecimentos.

Quando a declaração de emergência anterior para a epidemia foi emitida em abril do ano passado, lojas da Summit ficaram lotadas de clientes que buscavam estocar alimentos e outros itens.

Desta vez, supermercados aumentaram massivamente os estoques de produtos, como macarrão instantâneo, que se tornaram alvo de “pânico de compras” na emergência do vírus no ano passado. O ministro da agricultura Kotaro Nogami pediu aos consumidores que não se desesperem para estocar produtos e ajam com calma.

Além de limitar o número de clientes permitidos nas lojas durante horários quando eles estão cheios, grandes operadoras de supermercados evitarão realizar ofertas.

Com início no sábado (9), a Life Corporation suspendeu a distribuição de panfletos de todas as suas 121 lojas na grande área de Tóquio para reduzir riscos de infecção tanto para funcionários como clientes.

Fonte: Jiji

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
UniFCV Japão - Educação a distância
Uninter - JAPÃO - Educação a distância