Bridgestone fechará fábrica de pneus na França

A fábrica que opera desde 1961 e produz 17 mil pneus por dia já não estava mais dando lucros.

A Bridgestone fechará fábrica após obter aprovação do governo e funcionários (banco de imagens)

A grande fabricante japonesa de pneus, Bridgestone, disse na quarta-feira (17) que fechará sua fábrica na França no fim de abril como parte dos esforços destinados a cortar custos após obter aprovação do governo do país e funcionários.

Publicidade

O planejado fechamento da planta de Bethune, que foi anunciado em setembro passado, foi aprovado por autoridades locais na terça-feira (16). Os 860 funcionários da fábrica ou serão transferidos para as bases de venda e logística da companhia na França ou receberão ajuda financeira para encontrar novo trabalho, disse a fabricante.

A fábrica – que opera desde 1961 e produz 17 mil pneus por dia – já não estava mais dando lucros em meio à feroz competição com novas companhias que entram nos negócios, como as da China.

A Bridgestone quis fechar a fábrica a fim de mudar seu foco para pneus maiores mais lucrativos usados para veículos esporte utilitários.

O governo francês havia buscado uma retração do fechamento, sugerindo que a fabricante de pneus mantivesse a fábrica ao reduzir o número de funcionários e produzir pneus de valor mais alto, mas a Bridgestone não mudou de opinião.

A segunda maior fabricante de pneus do mundo em volume de vendas planeja reduzir 40% de suas bases de produção em todo o mundo até o fim de 2023.

Fonte: News and Culture

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

Em uma semana mais 128 pessoas com infecção pelo vírus mutante

Publicado em 18 de março de 2021, em Sociedade

É preocupante o aumento de pessoas infectadas por uma das variantes do coronavírus no Japão.

Cepa britânica (Centro de Pesquisa de Tóquio, via FNN)

O MHLW-Ministério da Saúde, Trabalho e Bem-Estar informou na quarta-feira (17) que em uma semana foram confirmados mais 128 casos de infecção por uma das variantes do coronavírus, maioria da cepa britânica.

Publicidade

Assim, o total até essa data subiu para 399 em 26 das 47 províncias. 

Na soma com os 74 passageiros vindos do exterior, com resultado positivo para o vírus mutante, o total do país aumenta para 473.

As 3 províncias com o maior número de casos são Hyogo com 94, Osaka com 72 e Saitama com 57. 

As últimas confirmações foram em Hokkaido, Tokushima, Kagawa, Ehime e Okinawa. 

O governo da província de Osaka informou que uma paciente com Covid-19 na faixa dos 80 anos, a qual morreu na primeira quinzena, estava infectada pelo vírus mutante. O ministério já tinha sido informado nessa ocasião.

Fontes: Asahi, ANN e FNN

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
Banco do Brasil - faça remessas com segurança!
Kumon - aprenda japonês e tenha mais oportunidades!