Terça-feira tem mais de mil novos casos e elevado número de mortes

As confirmações foram em 36 províncias e 2 nos aeroportos. Zero em Shimane e Fukui.

Imagem do CDC via Health Mil.

Em comparação a janeiro o número de testados positivo na terça-feira (9) é bem menor, mas ainda assim é superior a mil. Foram confirmados 1.128 novos casos e 58 óbitos.

Publicidade

O total cumulativo de pessoas infectadas no Japão aumenta para 441.543. 

Gráfico mostra os casos diários em amarelo, entre 1.º/jan a 9/mar (News Digest)

Foram 63 novos casos em Hokkaido, 290 em Tóquio, 106 em Saitama, 100 em Kanagawa, 82 em Chiba, 26 em Ibaraki, 22 em Tochigi e 6 em Gunma.

Fukuoka confirmou 34 pessoas infectadas, 23 em Okinawa e 103 em Osaka.

Na região Tokai foram 14 em Shizuoka, 6 em Gifu, 3 em Mie e 39 em Aichi. 

O número de pacientes em tratamento continua elevado, de 12.068, dos quais 381 estão em estado grave. 

O total cumulativo de pessoas recuperadas aumentou para 421.110. 

No domingo (7) foram realizados 9.949 testes PCR.

O total de vacinas – primeira dose – aplicadas na terça-feira foi de 36.762, aumentando o total para 107.558.

Número de testados positivo na terça-feira, por província (NHK)

Fontes: NHK e News Digest

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

Casos de casamento infantil podem aumentar em meio à pandemia, diz UNICEF

Publicado em 10 de março de 2021, em Notícias do Mundo

A pandemia pode forçar mais famílias a arranjarem casamentos para suas filhas a fim de abrandar problemas financeiros.

Meninas que se casam têm menos chances de continuar na escola. Na imagem acima, estudantes de máscara na Índia, setembro de 2020 (banco de imagens)

A UNICEF (Fundo das Nações Unidas para Crianças) alertou que o impacto econômico em decorrência da pandemia de coronavírus poderia causar um aumento de casos de casamento infantil no mundo.

Publicidade

O relatório do UNICEF, divulgado na segunda-feira (8) para coincidir com o Dia Internacional da Mulher, analisa o impacto da pandemia sobre a prática de forçar casamentos de jovens com idade inferior a 18 anos.

“A Covid-19 tornou uma situação já difícil para milhões de garotas ainda pior”, disse o relatório.

A agência alerta que insegurança econômica maior pode forçar mais famílias a arranjarem casamentos para suas filhas a fim de abrandar problemas financeiros. Fechamentos de escolas também dificultaram o suporte para as crianças.

Como resultado, o relatório disse que um adicional de 10 milhões de garotas poderiam ser forçadas a se casarem antes do fim da década, além das 100 milhões que já estavam sob risco antes da pandemia.

O UNICEF estima que 650 milhões de garotas e mulheres vivas hoje se casaram na infância, muitas delas na Índia, Bangladesh e Nigéria. Garotas que se casaram na infância têm menos chances de continuar na escola e mais probabilidade de sofrer violência doméstica.

A agência está pedindo a governos em todo o mundo que estendam o suporte para as crianças e suas famílias.

Fonte: NHK

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
Banco do Brasil - faça remessas com segurança!
Kumon - aprenda japonês e tenha mais oportunidades!