Covid-19: Japão considera permitir que dentistas apliquem vacinas

Pode haver escassez de médicos e profissionais da enfermagem assim que o programa de inoculação pegar o ritmo.

Governo considera tal ação porque pode haver falta de médicos e enfermeiros quando o programa de inoculação pegar o ritmo (ilustrativa/banco de imagens)

O governo japonês planeja permitir que dentistas administrem vacinas contra Covid-19, disse seu principal porta-voz na segunda-feira (19), em meio a preocupações de que haverá uma escassez de médicos e profissionais da enfermagem assim que o programa de inoculação pegar o ritmo.

Publicidade

“Vamos considerar o que é necessário para garantir que as pessoas no Japão possam ser vacinadas de forma rápida e segura”, disse o secretário-chefe do gabinete, Katsunobu Kato, em uma coletiva de imprensa sobre reportagens da mídia de que tal decisão poderia ser finalizada neste mês.

Desde o início do programa de vacinação do Japão em meados de fevereiro, cerca de 1,2 milhão de profissionais da saúde receberam pelo menos uma dose da vacina da Pfizer, a única aprovada pelo Ministério da Saúde, Trabalho e Bem-Estar do país.

Mais 13 mil pessoas com idade igual ou superior a 65 anos tomaram a primeira dose, de acordo com dados do governo.

O primeiro-ministro japonês Yoshihide Suga disse na segunda-feira que espera obter doses suficientes para todas as pessoas elegíveis até o fim de setembro através de envios adicionais da Pfizer, após conversas por telefone com Albert Bourla, CEO da gigante farmacêutica.

O Japão também firmou contratos de fornecimento com a AstraZeneca do Reino Unido e a Moderna dos EUA, mas essas vacinas ainda dependem de aprovação do ministério da saúde.

Fonte: News and Culture

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

Segunda-feira: 2.907 testados positivo em 46 províncias

Publicado em 20 de abril de 2021, em Sociedade

Osaka teve o maior número de pessoas com resultado positivo de todas as segundas-feiras.

Imagem do CDC via Health Mil.

Na segunda-feira (19) somente a província de Shimane teve 0, enquanto as 46 províncias e aeroportos registraram soma de 2.907 pessoas com resultado positivo para o novo coronavírus. A soma cumulativa aumentou para 537.739 pessoas infectadas.

Publicidade

Os números nas províncias sob as medidas preventivas especiais foram 405 em Tóquio, 719 em Osaka, 293 em Hyogo, 110 em Quioto, 22 em Miyagi e 32 em Okinawa.

Nas que passam a ser incluídas a partir de terça-feira (20) foram 118 em Saitama, 106 em Chiba, 142 em Kanagawa e 124 em Aichi. 

Foram 118 em Fukuoka, 13 em Gunma, 12 em Tochigi, 13 em Shizuoka, 25 em Gifu, 15 em Mie, 29 em Shiga, 12 em Fukui, entre outras. 

Dados por província, de segunda-feira (NHK)

Na segunda-feira foram registrados 30 óbitos em 18 províncias, elevando a soma cumulativa para 9.678 perdas.

Em todo país são 42.378 pacientes em tratamento, sendo que houve aumento daqueles que necessitam de ventilação mecânica ou UTI, passando a 738 enfermos graves.

Até segunda-feira o total de pessoas recuperadas aumentou para 485.683.

O número de doses da vacina contra Covid-19 aplicadas até sexta-feira (16) não chegou a 2 milhões (1.930.111).

Fontes: FNN, NHK e News Digest

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
Banco do Brasil - faça remessas com segurança!
Kumon - aprenda japonês e tenha mais oportunidades!