Escassez de chips: fábrica da Nissan no Reino Unido dá licença a trabalhadores

Licença para 10% dos funcionários continuará até os fornecimentos voltarem aos níveis normais.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Licença para 800 trabalhadores em meio à escassez de chips (banco de imagens)

A Nissan deu licença para cerca de 800 trabalhadores, ou 10% de seus funcionários, em sua planta de montagem no Reino Unido, visto que uma escassez de semicondutores suprime a produção.

Publicidade

Os afastamentos continuarão até que os fornecimentos de componentes retornem aos níveis normais.

As licenças na planta do Reino Unido da Nissan, que emprega 6 mil funcionários, começou em março. Os contratos de trabalho continuarão em vigor, mas os salários não são pagos integralmente. A Nissan está usando um garantia do governo britânico para o esquema de licenças.

Montadoras globais vêm sendo forçadas a cortar produção em resposta à falta de semicondutores.

A perspectiva para a produção continua incerta, visto que a escassez de chips deve levar algum tempo para abrandar.

Várias fábricas de semicondutores foram afetadas por apagões no estado do Texas, nos EUA, em fevereiro. Um incêndio em uma fábrica da Renesas Electronics no Japão também reduziu os fornecimentos.

Fonte: Asia Nikkei

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

‘Ichigogari’ itinerante para quem não pode ir ao local

Publicado em 16 de abril de 2021, em Sociedade

Em meio à epidemia do novo coronavírus, se as pessoas não querem sair o caminhão do ‘ichigogari’ vai até elas.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Baú do caminhão cheio de morangos, com elevador (CTV)

Uma variedade exclusiva chamada Bijinhime (美人姫), cujos morangos são enormes, chegando a até 100 gramas a unidade, suculentos e saborosos, pode ser levada de caminhão de 4 toneladas para oferecer o ichigogari ambulante.

Publicidade

Essa prática, de lazer na fonte de cultivo, típica do Japão, foi transformada dentro de um baú de 5 metros no caminhão. A Okuda Noen, de Hashima (Gifu), transferiu parte da plantação para chegar a quem não pode se deslocar até a propriedade dessa fruticultura.

Interior do baú, para colher os morangos especiais (CTV)

Há cerca de 130 vasos de morango alinhados nas prateleiras, de ambos os lados, para que as pessoas possam desfrutar da colheita dos morangos.

Para subir ao baú tem um elevador instalado, para facilitar a vida de quem usa cadeira de rodas ou tem deficiência. A largura do corredor é de 2 metros, portanto, permite o deslocamento da cadeira de rodas.

Seu objetivo era de levar essa atividade saborosa para as instalações de bem-estar. Mas, só pode ir uma vez, por causa das medidas preventivas à disseminação do novo coronavírus.

Mas, não desistiu da ideia. Quer levar seus morangos especiais para as 3 províncias de Tokai.

“Levei 13 anos, trabalhando duro para desenvolvê-la, mas o formato é bonito e é saboroso. Tenho orgulho de ter desenvolvido o melhor”, disse Mikio Okuda, o fruticultor. 

Morangos grandes e suculentos (CTV)

Fonte: CTV

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
UniFCV Japão - Educação a distância
Uninter - JAPÃO - Educação a distância