Os países mais felizes do mundo

O Relatório Mundial de Felicidade para 2021 foca nos efeitos da Covid-19 e como as pessoas em todo o mundo se saíram.

Helsinque, Finlândia (banco de imagens)

A pandemia mundial e crise econômica causaram 12 sólidos meses de lockdowns, incertezas, perdas de emprego e mortes, mas um relatório anual de felicidade global sugere que enquanto ansiedade e medo estão na maior alta de todos os tempos, o coronavírus não atenuou os sentimentos.

Publicidade

O recentemente divulgado Relatório de Felicidade Mundial 2021 mostra que enquanto tenha havido ampla interrupção nas vidas diárias de quase todos no mundo em meio à Covid-19, houve uma surpresa superação em como as pessoas classificam suas vidas de um modo geral.

Isso surpreendeu mesmo os editores do relatório que em meio à dificuldade global, a satisfação auto-reportada com a vida em 95 países em média continuou estável em 2021.

O Relatório Mundial de Felicidade para 2021 foca nos efeitos da Covid-19 e como as pessoas em todo o mundo se saíram.

O relatório não é destinado somente a focar nos efeitos colaterais da pandemia sobre a qualidade e estrutura das vidas das pessoas, mas também avaliar como governos no mundo reagiram e administraram o problema.

Pelo 4º ano seguido, a Finlândia ficou em primeiro na lista anual alimentada por dados da Gallup World Poll, com a Islândia, Dinamarca, Suíça e Holanda seguindo em 2º, 3º, 4º e 5º lugares, respectivamente.

Os 20 países mais felizes do mundo

  1. Finlândia
  2. Islândia
  3. Dinamarca
  4. Suíça
  5. Holanda
  6. Suécia
  7. Alemanha
  8. Noruega
  9. Nova Zelândia
  10. Áustria
  11. Israel
  12. Austrália
  13. Irlanda
  14. EUA
  15. Canadá
  16. República Tcheca
  17. Bélgica
  18. Reino Unido
  19. Taiwan
  20. França

Por que os países nórdicos sempre têm alta classificação?

Pelo 4º ano consecutivo, a Finlândia é nomeada o país mais feliz do mundo, seguida pela Dinamarca, Suíça, Islândia e Holanda.

De fato, historicamente, países nórdicos têm alta classificação no relatório de felicidade por causa do suporte que seus governos oferecem.

Assistência médica sem custo, educação gratuita, baixas taxas de crimes, licença parental estendida comparada com o resto do mundo, são apenas alguns dos pontos altos de viver nesses países.

O Japão ficou em 40º lugar e o Brasil em 41º.

Fonte: Finance Yahoo

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

Japão deve receber 50 milhões de doses adicionais de vacina da Pfizer

Publicado em 21 de abril de 2021, em Sociedade

O governo espera que os fornecimentos cubram todos os elegíveis até o fim de setembro.

Pfizer deve enviar ao Japão 50 milhões de doses adicionais de vacina (banco de imagens)

O Japão deve receber 50 milhões de doses adicionais da vacina contra coronavírus da Pfizer após o primeiro-ministro Yoshihide Suga ter pedido à farmacêutica que aumentasse o fornecimento, disseram fontes do governo nesta quarta-feira (21).

Publicidade

Junto com acordos existentes junto à Pfizer para 144 milhões de doses e a Moderna para 50 milhões, o Japão agora deve obter vacinas suficientes para as cerca de 110 milhões de pessoas com idade igual ou superior a 16 anos.

Suga reiterou em uma sessão parlamentar que o governo espera que os fornecimentos cubram todos os elegíveis até o fim de setembro, após solicitar as doses adicionais em uma conversa por telefone com o CEO da Pfizer, Albery Bourla, no sábado (17).

O programa de vacinação do Japão está atrasado em relação a outros países, incluindo Reino Unido e EUA, contido pelo seu lento processo de aprovação e controles de exportação da União Europeia.

Um pouco mais de 1,2 milhão de profissionais da saúde e cerca de 19 mil pessoas com idade igual ou superior a 65 anos haviam recebido pelo menos uma das duas doses necessárias desde a segunda-feira, de acordo com dados do governo, cerca de 1% da população do país.

Até agora, o Ministério da Saúde aprovou somente a vacina da Pfizer e a da Moderna deve receber luz verde já no próximo mês.

O Japão também tem um acordo de fornecimento com a AstraZeneca para 120 milhões de doses, mas o processo de aprovação poderia ser contido por relatos no exterior de casos raros de formação de coágulos sanguíneos em pessoas que foram vacinadas.

Fonte: News and Culture

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
Uninter - JAPÃO - Educação a distância
Empregos no Japão - HUMAN