Estado de emergência ampliado e aceleração da vacinação

Publicado em 15 de maio de 2021, em Sociedade

Hiroshima, Hokkaido e Okayama são alvo do estado de emergência, enquanto Gunma, Kumamoto e Ishikawa ficam sob medidas prioritárias.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Primeiro-Ministro (NHK)

Na sexta-feira (14) o Primeiro-Ministro do Japão, Yoshihide Suga, fez um pronunciamento especial para informar sobre a ampliação da declaração do estado de emergência, incluindo as províncias de Hiroshima, Hokkaido e Okayama, de 16 a 31 deste mês. Assim, são 9 no total, alinhando com Tóquio, Osaka, Hyogo, Quioto, Aichi e Fukuoka.

Publicidade

Em relação à aplicação das Medidas Prioritárias para Prevenção da Propagação, foram incluídas as províncias de Gunma, Kumamoto e Ishikawa, somando 10. O período é entre domingo (16) a 13 do próximo mês, no total de 29 dias. 

“O governo não mudou sua crença de que é um momento importante para interromper a infecção à medida que as cepas mutantes se espalham e tomou decisões com respeito às opiniões dos especialistas”, explicou o Primeiro-Ministro.

Infográfico das províncias em estado de emergência e sob medidas prioritárias (NHK)

Além do forte pedido à população para evitar sair sem necessidade, abster-se de se aglomerar para churrascos e beber nas ruas e parques, os estabelecimentos como bares, restaurantes, karaokês, centros comerciais com mais de mil metros quadrados, entre outros, terão expediente reduzido. Nas províncias sob estado de emergência os bares e restaurantes não podem servir bebidas alcoólicas. No descumprimento poderão ser multados.

Nas províncias sob as medidas prioritárias o governo local estabelece quais são as cidades alvo.

Aceleração da vacinação

Suga disse em seu pronunciamento que a vacinação, chave para o controle da infecção, está prevista para ser concluída até o final de julho em 1.490 municípios, distritos e vilas, que respondem por 85% do total nacional.

O movimento para estabelecer um centro de inoculação em grande escala está se expandindo com a cooperação das províncias e hospitais universitários. Além disso, até o final de junho, será iniciada a inoculação para o público em geral nas cidades com  perspectiva de concluir a vacinação para idosos.

Com a cooperação das equipes médicas das instituições privadas, a política é promover a vacinação em massa nas empresas. “Vamos acelerar a vacinação para recuperar o cotidiano seguro o mais rápido possível”, declarou Suga.

Fontes: ANN, NHK, Tokyo Shimbun e Impress Watch

Poderia avaliar este conteúdo?

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!
Palavras-chave neste artigo

Vamos Comentar?

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão
ISA - Empregos no Japão
Banco do Brasil - Japão
Info para brasileiros de Mie-ken