Produção da Toyota deve passar de 10 milhões de unidades

Forte demanda dos mercados da China e dos EUA devem aumentar as vendas

Produção de mais de 10 milhões de veículos no ano fiscal de 2022 (banco de imagens)

A Toyota Motor planeja produzir um total de 10,4 milhões de unidades globalmente combinando suas marcas Toyota e Lexus para o ano fiscal de 2022 que se encerra em março de 2023, soube o Nikkei em 8 de maio.

Publicidade

Isso marca a primeira vez que o grupo ultrapassará 10 milhões de unidades, impulsionado por demanda aumentada após campanhas de vacinação bem-sucedidas, assim como produção suficiente de semicondutores.

A Toyota notificou suas principais fornecedoras sobre seus planos de produção. Elas informarão sobre seus investimentos ao ano fiscal de 2022 baseadas nesses dados.

A gigante japonesa espera que a China e os EUA sustentem o mercado automotivo. A decisão da Toyota para aumentar a produção será sentida por toda a rede de fornecimento e provavelmente será uma principal força condutora para recuperação da fabricação no mundo pós-coronavírus.

No Japão, enquanto isso, a Toyota planeja no ano fiscal de 2022 manter sua linha de 3 milhões de veículos que ela argumenta precisar para manter empregos no país. A produção do Corolla Cross, um esporte utilitário, e um novo Land Cruiser, deve começar.

Fonte: Asia Nikkei

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

Testes no Japão mostram que vacina da Moderna é segura e eficaz

Publicado em 11 de maio de 2021, em Sociedade

Houve aumento nos anticorpos neutralizantes, que suprimem o vírus, em todos os participantes 28 dias após eles terem recebido a 2ª dose.

Em testes no Japão, vacina da Moderna foi eficaz (banco de imagens)

Uma companhia farmacêutica disse que um teste clínico conduzido no Japão descobriu que a vacina contra coronavírus da Moderna é segura e eficaz.

Publicidade

A Takeda Pharmaceutical iniciou um teste clínico em janeiro envolvendo 200 homens e mulheres japoneses acima de 20 anos de idade. Ela anunciou na segunda-feira (10) que havia apresentado os dados ao governo central. A Takeda é responsável pela distribuição da vacina e outras tarefas no Japão.

A companhia disse que os resultados mostram um aumento nos anticorpos neutralizantes, que suprimem o vírus, em todos os participantes 28 dias após eles terem recebido a segunda dose. Não houve relatos de graves preocupações com a segurança.

Um pedido para autorização do uso da Moderna foi apresentado ao ministério da saúde do Japão em março.

Sob um contrato com o governo japonês, a Moderna fornecerá 50 milhões de doses até setembro.

A AstraZeneca, fabricante britânica de uma outra vacina contra coronavírus, já apresentou dados de testes clínicos no Japão junto ao governo.

O Ministério da Saúde está trabalhando para convocar uma reunião de um painel especialista em 20 de maio a fim de verificar dados de ambas as vacinas e decidir se vai aprová-las.

Fonte: NHK

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
Banco do Brasil - promoção Torcida BB!
Kumon - aprenda japonês e tenha mais oportunidades!