Queda de avião militar nas Filipinas deixa ao menos 45 mortos

Os que morreram, em sua maioria, são pessoal militar, mas há civis em solo que também perderam a vida, disse o Ministério da Defesa filipino.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

A aeronave transportava mais de 90 pessoas, a maioria membros de tropa (Força-Tarefa Conjunta Sulu via NHK)

Um avião militar caiu nos sul das Filipinas matando pelo menos 45 pessoas, com dezenas mais sendo resgatadas com vida dos destroços queimados.

Publicidade

A aeronave transportava mais de 90 pessoas, a maioria membros de tropa, quando ele ultrapassou a pista na ilha de Jolo.

Os que morreram, em sua maioria, são pessoal militar, mas há civis em solo que também perderam a vida, disse o Ministério da Defesa.

Equipes de resgate vasculharam os destroços do Lockheed C130 Hercules em uma floresta perto de vários prédios.

A aeronave pegou fogo quando caiu, lançando uma grande nuvem preta no ar.

Várias dezenas de pessoas ficaram feridas e 5 continuam desaparecidas, disse o exército. Os sobreviventes foram tratados em um hospital militar nas proximidades.

O avião caiu por volta das 11h30 de domingo (4), hora local, a poucos quilômetros de Jolo e estava transportando tropas de Cagayan de Oro, na ilha de Mindanao, no sul.

Uma declaração da força militar regional, a Força-Tarefa Conjunta Sulu, disse que “vários soldados foram vistos pulando da aeronave antes dela atingir o solo, poupando-os da explosão causada pela queda”.

Os soldados estavam entre os reforços enviados ao sul das Filipinas para combater militantes islâmicos como o grupo Aby Sayyaf.

Autoridades disseram que não houve sinal que a aeronave havia sido atacada, e uma investigação seria iniciada assim que a operação de resgate fosse concluída.

Fonte: BBC

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

Deslizamento de Atami: 3 mortes, 23 resgatados e 130 edificações danificadas

Publicado em 5 de julho de 2021, em Informações

A chuva provocou uma tragédia na cidade de Atami, com vítimas fatais e muitas desaparecidas.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Vista aérea do local por onde passou deslizamento (Mainichi)

O deslizamento ocorrido na área de Isuzan, cidade de Atami (Shizuoka), na manhã de sábado (3) envolveu 130 edificações – 127 famílias, total de 215 pessoas.

Publicidade

A área do fluxo de detritos é estimada em cerca de 120 mil metros quadrados, o que equivale a cerca de 2,5 Tokyo Domes. Ocorreu nas montanhas, a cerca de 2 km de um rio, com um comprimento total de cerca de 1km e largura máxima de cerca de 120 metros.

Até a noite de domingo, 3 pessoas morreram e 23 foram salvas, sendo uma em estado grave.

O Corpo de Bombeiros local, mais integrantes da polícia e da Força de Autodefesa, estão trabalhando no resgate das vítimas, pois ainda precisam confirmar a segurança de 147 pessoas.

No domingo, a  Guarda Costeira do Japão fez uma busca no mar onde o deslizamento fluiu, com atividades retomadas na segunda-feira.

Até a noite de domingo 551 pessoas estavam nos abrigos da cidade.

O aterro no topo parece ter desmoronado, no local onde começou o deslizamento (Shizuoka Shimbun)

Fontes: Mainichi, NHK e Shizuoka Shimbun

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
UniFCV Japão - Educação a distância
Uninter - JAPÃO - Educação a distância