Surfista ferido em famosa praia: há suspeita de que seja por tubarão

O 119 recebeu uma ligação para socorrer um surfista que saiu da água com ferimento na perna.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Oarai Sun Beach, onde teve a ocorrência (ANN)

Pouco antes das 16h de terça-feira (20), a esposa do surfista ligou para o 119 pedindo socorro, informando que o marido estava ferido.

Publicidade

A vítima, na faixa dos 50 anos, estava praticando surfe na Oarai Sun Beach, em Oarai (Ibaraki), famosa pelas ondas.

Segundo a Guarda Costeira de Ibaraki, o homem teve uma lesão na panturrilha esquerda, mas ainda conseguia andar por conta própria. Levou 21 pontos de sutura e há possibilidade de que tenha sido mordido por um tubarão ou outro ser marinho.

De acordo com um funcionário do aquário próximo que viu a foto do ferimento do surfista, disse que tinha cerca de 5 pequenas lesões em formato de buraco na panturrilha e um corte no calcanhar.

Disse que não pode concluir se foi por mordida de tubarão pois nunca viu antes.

Fontes: ANN e FNN

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

Estrangeiros detidos processam Imigração

Publicado em 21 de julho de 2021, em Sociedade

Começa o julgamento contra a Imigração, no qual 3 dos 17 estrangeiros prejudicados buscam indenização do governo.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Tribunal Distrital de Osaka (NHK)

Há três anos, 17 estrangeiros da Nigéria, Paquistão, Peru e outros, detidos no atual Escritório Regional de Imigração de Osaka, estavam reunidos em uma cela para 6 pessoas, para um bate-papo, durante o horário livre deles.   

Publicidade

O oficial teria dado ordem para voltarem às suas celas, mas pediram um tempo. Como não atenderam de imediato, ele os trancou por mais de 24 horas.

O julgamento começou no Tribunal Distrital de Osaka, na terça-feira (20), onde 3 deles demandam uma indenização de 2,3 milhões de ienes por considerarem esse confinamento injusto.

O advogado dessas partes disse “a luz da cela foi desligada e os tatamis foram empilhados na frente da porta. Ocorreu um terremoto em Osaka, de intensidade sísmica 5, mas ainda assim não foram liberados. Ficou claro que isso foi feito para fins disciplinares”. 

Entretanto, a parte do governo exigiu o arquivamento do processo e disse que futuramente esclarecerá as razões.

“Há apenas uma vida, tanto para japoneses quanto para os estrangeiros. Gostaria que considerassem os direitos humanos dos estrangeiros”, disse um deles, de Uganda, através de um grupo de apoio. 

Fonte: NHK

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão
ISA - Empregos no Japão
Uninter - JAPÃO - Educação a distância
UniFCV Japão - Educação a distância
Kumon - aprenda nihongo por correspondência