Exportações do Japão aumentam pelo 5º mês consecutivo

O crescimento foi conduzido pelas robustas exportações de carros para os EUA, além de ferro e produtos de aço com destino à Coreia do Sul.

Terminal de contêineres em Tóquio (banco de imagens)

As exportações do Japão para julho cresceram 37% em comparação a 2020, uma expansão pelo 5º mês consecutivo ano a ano.

Publicidade

O Ministério das Finanças disse na quarta-feira (18) que as exportações durante o período foram avaliadas em cerca de US67 bilhões.

Um aumento no crescimento reflete em parte ao fato de que as exportações um ano antes foram afetadas pela pandemia de coronavírus. Mas o número do mês passado também passou o das exportações pré-pandemia para julho de 2019 em 10,7% e marcou o segundo maior para o mês desde 1979, quando as estatísticas começaram a ser disponibilizadas.

O crescimento foi conduzido pelas robustas exportações de carros para os EUA, além de ferro e produtos de aço usados como materiais de construção para a Coreia do Sul.

As importações do mês passado aumentaram 28,5% ano a ano para cerca de US$63 bilhões em valor, marcando o 6º mês seguido de crescimento.

Os preços do petróleo bruto mais que dobraram ante o ano anterior, conduzindo o crescimento de importação em valor. As importações de medicamentos, incluindo vacinas contra coronavírus, também aumentaram em cerca de 40% em relação ao mesmo período do ano passado.

Fonte: NHK

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

Grande fabricante de semicondutores vai precisar de mais mil trabalhadores

Publicado em 19 de agosto de 2021, em Economia

Para resolver o problema do atraso na entrega dos dispositivos de semicondutores uma grande indústria se move para contratações.

Nova planta de Kuwabata, em Hiroshima (Automation News)

A Disco Corporation anunciou que precisará aumentar o número de trabalhadores, em mais mil, para atender à crescente demanda pelos dispositivos de semicondutores. 

Publicidade

Devido à escassez de mão de obra, a produção não consegue acompanhar a demanda e está ocorrendo atraso nas entregas. 

O prazo de entrega normal, de cerca de 1 a 2 meses, foi estendido para 6 meses a 1 ano. A empresa planeja se apressar para garantir recursos humanos em todas as três fábricas. São as de Kure e Kuwabata (Hiroshima), e a de Chino (Nagano), onde há necessidade de aumentar a produção.

A Disco iniciou a operação do novo prédio da fábrica Chino em abril. O novo prédio da planta de Kuwabata também entrará em operação ainda neste mês, parcialmente.

Usando todo o espaço dos novos edifícios em Chino e Kuwabata, espera-se garantir uma capacidade de produção equivalente às vendas de toda a empresa de 300 bilhões de ienes.

Para garantir essa capacidade de produção, é necessário aumentar o número de funcionários, dos atuais 2,6 mil para 3,6 mil.  

Ao construir dormitórios para solteiros, a indústria pretende atrair recursos humanos de fora das regiões onde tem as plantas.

Fonte: Newswitch

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
Banco do Brasil - junto a comunidade no Japão
Kumon - aprenda japonês e tenha mais oportunidades!