Japão registra mais de 1.000 falências ligadas à pandemia de janeiro a agosto

Publicado em 9 de setembro de 2021, em Sociedade

Falências na indústria de restaurantes, a mais afetada pela crise, chegaram a 204, contando por cerca de 20% do total.

&nbspJapão registra mais de 1.000 falências ligadas à pandemia de janeiro a agosto
O setor de restaurantes é o mais afetado pela crise do coronavírus (ilustrativa/banco de imagens)

O número cumulativo de falências de empresas no Japão causadas pela pandemia de coronavírus chegou a 1.026 entre janeiro a agosto deste ano, disse a Tokyo Shoko Research na quarta-feira (8).

Publicidade

Falências na indústria de restaurantes, a mais afetada pela crise, chegaram a 204, contando por cerca de 20% do total, de acordo com dados que cobrem falências de negócios com dívidas de ¥10 milhões ou mais.

Só em agosto, o número de falências ligadas ao coronavírus totalizou 121.

O número geral de falências em agosto caiu 30,1% em comparação ao ano anterior para 466, refletindo o suporte financeiro do governo e outras medidas de alívio para negócios afetados pelo golpe do coronavírus.

Enquanto isso, o número de falências corporativas deixando dívidas de ¥1 bilhão ou mais aumentou de 13 para 25 em comparação ao ano anterior.

“Algumas companhias podem ficar sem dinheiro com as vendas continuando lentas em meio à prolongada crise do coronavírus”, disse um funcionário da Tokyo Shoko Rsearch.

O funcionário prevê que cada vez mais empresas poderão perder forças para continuar e pedir falência.

Fonte: Japan Times

Neste Artigo:

Vamos comentar?


.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão
ISA - Empregos no Japão
Banco do Brasil - Japão