Quarta-feira: 312 testados positivo

Em 30% das províncias não houve nenhum novo caso.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

SARS-CoV-2 (CDC)

O total de pessoas que testaram positivo para o novo coronavírus no Japão na quarta-feira (27) foi de 312 em 33 províncias e aeroportos. 

Foi zero em 14 províncias: Iwate, Miyagi, Fukushima, Tochigi, Nagano, Oita, Miyazaki, Kagoshima, Kagawa, Tokushima, Wakayama, Nagano, Fukui, Shizuoka e Mie.

Tóquio teve 36 novos casos, foram 1 em Ibaraki, 8 em Chiba, 10 em Gunma, 15 em Saitama e em Kanagawa. 

Foram 66 em Osaka, 18 em Hyogo, 5 em Nara e em Shiga, 8 em Shimane, 6 em Hiroshima, 11 em Okayama, 9 em Fukuoka e 18 em Okinawa.

Na região Tokai foram 10 em Gifu, sendo 4 na cidade homônima e 4 em Kakamigahara; e 20 em Aichi, sendo 6 em Nagoia, 4 em Toyohashi, 1 em Toyota, entre outras.

O dia teve 7 óbitos, sendo 2 de Saitama e 2 de Tóquio, somando 18.228 mortes nesta epidemia.

São 184 enfermos graves dentre os 3.842 pacientes em tratamento.

Em contrapartida, 1.694.564 se recuperaram.

Na segunda-feira (25) foram realizados 29.508 testes PCR.

Fontes: News Digest, Nagoya TV e NHK

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

Cerca de 82 milhões de ‘Abenomasks’ ficaram sem uso

Publicado em 27 de outubro de 2021, em Sociedade

A revelação espalhou críticas como dinheiro desperdiçado de quem paga impostos.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Máscaras de pano foram distribuídas pelo governo a residentes no Japão (PM)

Cerca de 82 milhões de máscaras de pano produzidas pelo Japão durante a pandemia de coronavírus, apelidadas pelo público de “Abenomasks”, ficaram sem uso, disse um porta-voz do governo nesta quarta-feira (27), uma revelação que espalhou críticas como dinheiro desperdiçado de quem paga impostos.

O número de máscaras que ficou armazenada desde março deste ano contou por mais da metade das 140 milhões de unidades que o governo tinha a intenção de fornecer aos idosos e instalações de cuidados infantis em meio a uma escassez do item de proteção.

O plano do então primeiro-ministro Shinzo Abe para distribuir duas máscaras de pano para cada residente no Japão no ano passado foi amplamente ridicularizado pelo público, com muitos se queixando que as Abenomasks eram muito pequenas e chegaram muito tarde ou nem receberam.

O secretário-chefe de Gabinete, Yoshihiko Isozaki, disse em uma coletiva de imprensa que o governo finalizou a distribuição de máscaras de pano aos residentes, mas mudou para uma base de “mediante solicitação” para instalações de cuidados aos idosos e isso levou ao excedente.

A revelação seguiu reportagens da mídia dizendo que o Conselho de Auditoria investigou a questão e a incluirá em sua revisão anual financeira em novembro.

De acordo com reportagens, as 82 milhões de máscaras custaram aos contribuintes cerca de ¥11,5 bilhões e outros ¥600 milhões para manter em armazenamento de agosto de 2020 a março deste ano.

Fonte: Mainichi

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão
ISA - Empregos no Japão
Info para brasileiros de Mie-ken
Kumon - aprenda japonês e tenha oportunidades