Quinta-feira: 274 testam positivo

Por se tratar de uma quinta-feira os números são baixos.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

SARS-CoV-2 (CDC)

Até as 18h30 de quinta-feira (28) o total de testados positivo para o novo coronavírus é de 274 em 34 províncias e aeroportos.

Em 13 das 47 províncias o número foi zero: Aomori, Akita, Iwate, Yamagata, Yamanashi, Oita, Kumamoto, Miyazaki, Kagoshima, Kochi, Kagawa, Tottori, Yamanashi e Fukui.

Tóquio teve 21 novos casos, enquanto foram 1 em Tochigi, 2 em Ibaraki, 8 em Gunma, 10 em Chiba, 15 em Saitama e 16 em Kanagawa.

Em Osaka foram 61, 20 em Hyogo, 1 em Shiga, 4 em Ishikawa e em Toyama, 3 em Nagano, 7 em Hiroshima, 5 em Fukuoka e 9 em Okinawa.

Na região Tokai foram 1 em Shizuoka, 2 em Mie, 4 em Gifu e 23 em Aichi, sendo 11 em Nagoia, 1 em Toyota e em Toyohashi. 

O número de óbitos foi de 9, sendo que o total de pacientes enfermos é de 4.107. 

Em contrapartida, 1.694.564 se recuperaram.

Em relação à inoculação, até quarta-feira (27) foram aplicadas 187.269.535 doses, portanto, 76% da população alvo está vacinada contra o coronavírus. 

Dados por província, até 18h30 de quinta-feira (NHK)

Fontes: News Digest, NHK e Nagoya TV

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

Farmacêuticas japonesas na corrida para lançar vacinas contra Covid-19

Publicado em 28 de outubro de 2021, em Sociedade

A KM Biologics e a Daiichi Sankyo seguem a Shionogi no esforço de inoculação.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Frasco de vacina e seringa (banco de imagens)

Fabricantes japonesas de vacinas estão na corrida para lançar imunizantes contra Covid-19 no próximo ano enquanto elas antecipam novas variantes e mais surtos.

A KM Biologics disse na quarta-feira (27) que estava visando o lançamento de sua vacina inativada para uso como dose de reforço no ano que vem. A companhia sediada em Kumamoto iniciou a fase 2 de 3 de testes na semana passada.

Vacinas inativadas vêm sendo usadas para influenza e outras doenças infecciosas há anos. Um ensaio clínico inicial da vacina da KM Biologics mostrou que ela tem menos efeitos colaterais do que aquelas produzidas pela Pfizer, Moderna e AstraZeneca, disse Toshiaki Nagasato, presidente da KM em uma coletiva de imprensa em Tóquio.

A companhia ainda conduzirá um ensaio global de ampla escala de fase 3, que está planejado para 2022-2023. Para tornar a vacina disponível no ano que vem, o governo precisa dar aprovação condicional, o que ele nunca fez para vacinas.

O Japão depende dos EUA e da Europa para suas vacinas contra Covid-19 e sua falha para produzir a sua própria se tornou rapidamente uma grande questão política.

A produção de vacinas requer uma grande infraestrutura de fabricação, a qual não pode ser criada rapidamente ou facilmente. Vacinas têm validades relativamente curtas e são difíceis de estocar em uma base a longo termo.

Sem a capacidade de produzir imunizantes nacionalmente, sempre há um risco de uma pandemia causar o caos na economia, como no ano passado.

A Daiichi Sankyo, fabricante de medicamentos para câncer sediada em Tóquio, disse que iniciará um teste de fase 2 de sua vacina de mensageiro RNA no ano que vem, visando colocá-la no mercado dentro do ano fiscal de 2022, que tem início em abril.

Uma outra fabricante de vacinas, a Shionogi, visa disponibilizar seu imunizante até o fim de março de 2022. A companhia sediada em Osaka está desenvolvendo uma “vacina de proteína recombinante”, a qual usa células de insetos geneticamente modificadas para produzir cópias da proteína spike da Covid-19. Uma tecnologia similar está sendo empregada pela Novavax, Sanofi e GSK em seus próprios desenvolvimentos de vacinas.

A Shionogi iniciou um fase 2 de 3 neste mês e planeja conduzir um ensaio global de fase 3 simultaneamente até o fim de dezembro.

Fonte: Asia Nikkei

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão
ISA - Empregos no Japão
Banco do Brasil - Japão
Info para brasileiros de Mie-ken
Kumon - aprenda japonês e tenha oportunidades