Black Friday da Godiva tem até torta de chocolate

Além das sacolas especiais, a chocolateria originalmente belga preparou uma torta exclusiva, com ganache, à venda em loja pertinho de onde mora!

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Fatia da torta especial e à dir. um modelo de Happy Bag (divulgação)

A Godiva Chocolatier, originalmente belga, mas comprada por uma empresa turca, está oferecendo sacolas que valem a pena comprar na Black Friday. 

O corte de preços é absurdamente irresistível, pois uma delas, que vale 9.350 mil, pode ser comprada por 5,4 mil ienes. Essa é válida somente para compra online, de 19 a 28 deste mês.

Nas lojas de departamento onde a Godiva está presente há outras sacolas chamadas de Happy Bags com preços de 3,5 e 5,4 mil ienes, contendo sorvetes, chocolates e bombons. O período é de 26 a 28 deste mês.

À esq. uma Happy Bag exclusiva online e à dir. uma de ¥3.500 nas lojas de departamento (divulgação)

E há outras duas, vendidas nos outlets aos preços de 3.564 e 5,4 mil ienes. Os descontos variam de 4 a 7 mil ienes, entre 19 a 28 deste mês

Por isso, não deixe de visitar uma das lojas e comprar as Happy Bags, pois poderá oferecer o conteúdo de presente e ficar com a charmosa tote bag preta, com detalhes em creme, rosa, azul ou lilás, dependendo do conteúdo. 

Torta de chocolate especial: pertinho de você

No período curto, entre 19 e 21 deste mês, a Godiva irá oferecer uma torta todinha de chocolate, na semana de Black Friday da rede Aeon.

Torta especial (divulgação)

A The Chocolate Tarte, de 15cm de diâmetro, foi criada exclusivamente para essa parceria, pelo chef Yannick Chevolleau.

A base tem uma textura especial e crocante, com recheio de ganache bem espesso, mais a suavidade do glasage, tudo em harmonia perfeita com diferentes sabores do tentador chocolate. O preço é ainda melhor: ¥1.383.

Bom apetite!

Fontes: divulgação e BCN

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

Japão considera intervalos mais curtos para vacina de reforço contra Covid-19

Publicado em 15 de novembro de 2021, em Sociedade

Sob o plano atual, tais vacinações devem começar para profissionais da saúde no mês que vem, e para os idosos e outros cidadãos em janeiro.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Frascos de vacina da Pfizer-BioNTech (banco de imagens)

De acordo com reportagem da NHK, o Ministério da Saúde do Japão está se organizando para permitir que vacinas de reforço contra Covid-19 sejam administradas a pessoas que receberam suas segundas doses há pelo menos 6 meses.

Fontes dizem que o ministério está tomando essa providência enquanto considera um intervalo de cerca de oito meses ou mais como um padrão para uma dose de reforço padrão em linha com o plano inicial.

As fontes dizem que o ministério levou em consideração relatórios do exterior sugerindo que a eficácia das vacinas começa a diminuir 6 meses após a segunda dose.

O ministério, segunda as fontes, planeja apresentar a nova proposta na reunião de seu painel de especialistas nesta segunda-feira (15).

De acordo com a reportagem da NHK, o ministério vem pedindo a governo locais que realizem preparações para que eles possam começar a administrar a vacina de reforço a indivíduos que receberam suas segundas doses há pelo menos 8 meses.

Sob o plano atual, tais vacinações devem começar para profissionais da saúde no mês que vem, e para os idosos e outros cidadãos em janeiro.

Contudo, a proposta mais recente do ministério deve forçar alguns governos locais a avançarem seus cronogramas para as doses de reforço, visto que alguns idosos chegam ao limite de 6 meses até o fim deste ano.

Alguns governos locais disseram à NHK que eles terão dificuldades em ajustar suas preparações e garantir números suficientes de locais e pessoal.

Preocupações também crescem sobre se o governo central será capaz de fornecer doses suficientes em tempo para o início do novo plano.

O ministério começa a entregar as doses de reforço da vacina da Pfizer-BioNTech aos governos locais, instituições médicas e outras entidades nesta segunda-feira.

Fonte: NHK

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão
ISA - Empregos no Japão
Info para brasileiros de Mie-ken
Kumon - aprenda japonês e tenha oportunidades