Deslumbrante diamante azul em exposição pública pela primeira vez

Batizado de Okavango Blue Diamond a rara pedra preciosa foi cedida para ser exposta ao público no AMNH, em Nova Iorque.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Diamante azul Okavango, já lapidado (estatal de Botswana cedida para AMNH)

Ellen Footer, diretora do AMNH-Museu de História Natural Americano, apresentou o Okavango Blue Diamond para a imprensa, na terça-feira (9), em Nova Iorque, Estados Unidos. 

Esse raro diamante azul pertence a uma empresa estatal de Botswana, país da África, onde há minas dessas pedras preciosas. Tem 20,5 quilates, ou 4,1 gramas.

Um quilate de diamante pode custar na faixa de 63 mil dólares, ou pouco mais de 7 milhões de ienes. Mas, esse em especial, o quilate do Okavango Blue Diamond certamente vale muito mais, pela sua rara beleza, transparência, cor, formato, brilho e outros fatores. 

O espetacular diamante azul foi garimpado na mina Orapa, a maior de seu tipo já encontrado no país.

O nome da gema foi atribuído em homenagem ao Delta do Okavango, uma área de biodiversidade incrível de Botswana, tombada como patrimônio da Unesco.  

A exposição para o público, pela primeira vez, começa na quarta-feira (10).

Gema de rara beleza, cor e transparência (estatal de Botswana cedida para AMNH)

Fontes: ANN e AMNH

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

Gripe aviária é confirmada em Akita

Publicado em 10 de novembro de 2021, em Sociedade

O surto de gripe aviária foi confirmado através de teste genético em uma granja na cidade de Yokote.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Ilustrativa (banco de imagens)

Gripe aviária foi detectada em uma granja de Akita, no nordeste do Japão, e cerca de 143 mil aves serão abatidas, disse o governo provincial nesta quarta-feira (10).

O surto de gripe aviária, o primeiro da temporada no Japão, foi confirmado através de teste genético em uma granja na cidade de Yokote após as aves terem testado positivo em um simples exame no dia anterior.

O governo provincial também proibiu a expedição de frangos ou ovos de granjas dentro de um raio de 10Km do local afetado, enquanto pede pelo envio de tropas das Forças de Autodefesa para ajudar a lidar com o problema.

O primeiro-ministro Fumio Kishida pediu a coleta de informações e instruiu o Ministério da Agricultura e outras agências do governo a trabalharem de perto para tomar medidas preventivas prontamente.

De acordo com o governo provincial, um veterinário reportou às autoridades de saúde locais na manhã de terça-feira (9) que o número de frangos que estava morrendo na granja em Yokote vinha aumentando.

Quando 13 das aves passaram por um teste simples, 12 testaram positivo para gripe aviária.

Fonte: News and Culture

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão
ISA - Empregos no Japão
Banco do Brasil - Japão
Info para brasileiros de Mie-ken
Kumon - aprenda japonês e tenha oportunidades