Dois dígitos na segunda-feira

Faz mais de um ano que o país não tinha um número tão baixo.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

SARS-CoV-2 (CDC)

Na segunda-feira (1.º) o total de resultados positivo para o novo coronavírus no país, em 26 províncias e aeroportos, foi de 86, o mais baixo em 1 ano e quatro meses. A última vez com 2 dígitos foi em 27 de junho de 2020, com 92 testados positivo.

Em Tóquio foram 9 novos casos, há 1 ano e 5 meses com um dígito. Tochigi e Ibaraki tiveram 0, foram 3 Gunma, em Chiba e em Saitama, e 6 em Kanagawa.

Fazia muito tempo que Osaka não tinha resultado de 1 dígito. Na segunda-feira foram 7 novos casos. Foram 2 em Hyogo, 3 em Quioto, 1 em Shiga, 3 em Fukui, 0 em Yamanashi, 1 em Nagano, 4 em Hiroshima, 7 em Fukuoka e 1 em Okinawa.

Na região Tokai, Shizuoka e Mie tiveram 0 de novos casos. Foram 4 em Gifu e 5 em Aichi. 

O dia teve 7 óbitos, sendo 4 em Okinawa, 2 em Osaka e 1 em Tóquio.  

São 122 pacientes em estado grave, entre os 3.296 em tratamento.

Em contrapartida, 1.700.286 pessoas se recuperaram da Covid-19.

Dados por província, de segunda-feira (NHK)

Fontes: Mainichi, NHK e News Digest

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

Japão: doses de reforço de vacina contra Covid-19 em breve

Publicado em 2 de novembro de 2021, em Sociedade

O ministério está pedindo aos municípios que estabeleçam métodos de reserva, garantam locais de vacinação e enviem cupons às pessoas.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Um centro de vacinação em massa no Japão (NHK)

O Ministério da Saúde do Japão está pedindo a governos locais que iniciem as preparações para administrar uma terceira dose de vacinas contra coronavírus já em dezembro.

Um painel do ministério disse em 28 de outubro que as pessoas que foram imunizadas com duas doses são elegíveis para receber um reforço se elas quiserem.

O ministério não planeja estabelecer prioridades para receber uma terceira dose.

Mas ele oferecerá uma vacina de reforço às pessoas cuja segunda dose foi tomada há cerca de 8 meses. Profissionais da saúde devem começar a receber a dose em dezembro, seguidos pelos idosos em janeiro.

O ministério está pedindo aos municípios que estabeleçam métodos de reserva, garantam locais de vacinação e enviem cupons às pessoas cerca de 8 meses após suas segundas doses.

O governo espera garantir fornecimento suficiente e planeja tomar uma decisão oficial sobre aprovar as doses de reforço da vacina da Pfizer em 10 de novembro.

Um total de 4,1 milhões de doses serão distribuídas a municípios e instituições médicas nas semanas de 15 e 22 de novembro, após a dose adicional for aprovada.

O ministério planeja revisar a vacina da Moderna se a companhia apresentar um pedido para aprovação de reforço. Se aprovada, o ministério espera começar a distribuição em janeiro e a oferta em fevereiro.

Ele também planeja tomar uma decisão neste mês sobre se permitirá reforços que são de uma fabricante diferente daquela da inoculação original.

Fonte: NHK

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão
ISA - Empregos no Japão
Info para brasileiros de Mie-ken
Kumon - aprenda japonês e tenha oportunidades