Dois homens são presos por maus-tratos a cães em Nagano

Segundo a polícia, os homens não recolhiam as fezes e deixaram cães doentes e machucados sem cuidados.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Um dos cães sendo examinados (FNN)

Dois homens foram presos nesta quinta-feira (4) sob suspeita de maus-tratos a cerca de 450 cães que foram encontrados em condições precárias em um canil na cidade de Matsumoto (Nagano), disse a polícia.

Os dois são Koji Momose, de 60 anos, ex-chefe da empresa de construção Daiyoku Kensetsu que opera a instalação na cidade, e Kenji Aruga, de 48, funcionário da companhia.

A polícia acredita que os dois, os quais foram presos por violar a lei de bem-estar dos animais, não recolhiam as fezes dos animais e deixaram cães doentes e machucados sem cuidados em condições degradantes.

A maioria dos cães é de raça de pequeno porte, com 58 apresentando sinais de cegueira e outros problemas de visão, de acordo com a polícia.

Fonte: News and Culture

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

Covid-19: variante Mu é mais resistente a anticorpos induzidos por vacina

Publicado em 4 de novembro de 2021, em Sociedade

Estudo no Japão mostra que a Mu foi 9,1 vezes mais resistente do que o vírus parental, sugerindo que anticorpos são menos eficazes contra a variante.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Ilustrativa (banco de imagens)

Um grupo de pesquisadores japoneses diz que a variante Mu do coronavírus mostra alta resistência a anticorpos induzidos pela vacinação.

Liderado pelo professor associado Kei Sato do Instituto de Ciência Médica na Universidade de Tóquio, o grupo publicou suas descobertas no New England Journal of Medicine.

Os pesquisadores geraram um vírus artificial com características da variante Mu e avaliaram sua sensibilidade aos anticorpos em amostras de sangue obtidas de pessoas que haviam recebido a vacina da Pfizer-BioNTech.

Eles dizem que os resultados mostraram que a Mu foi 9,1 vezes mais resistente do que o vírus parental, sugerindo que anticorpos são menos eficazes contra a variante.

O grupo diz que vacinas têm vários efeitos além de produzir anticorpos e mais pesquisa é necessária para avaliar como a eficácia da vacinação é afetada.

Sato diz que o coronavírus continuará a sofrer mutação e acrescenta que é importante estabelecer um mecanismo para identificar características do vírus e compartilhar a informação internacionalmente.

Fonte: NHK

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão
ISA - Empregos no Japão
Info para brasileiros de Mie-ken
Kumon - aprenda japonês e tenha oportunidades